Ronaldo Madruga busca adiamento da eleição suplementar em Pinheiro Machado

Prefeito em exercício, Ronaldo Madruga (Foto: Letiére Navarrina)

Conforme determinação da Justiça Eleitoral, a eleição suplementar para prefeito e vice- prefeito de Pinheiro Machado acontece dia 4 de Julho. Entretanto, o município vive um momento crítico da pandemia com elevado número de casos ativos e internações hospitalares.

Diante deste cenário, o prefeito em exercício, Ronaldo Madruga, vem buscando o adiamento da data da eleição. Ele participou de reunião virtual com o juiz eleitoral Ricardo Arteche Hamilton na quinta-feira (20), para tratar sobre o assunto.

Segundo Madruga, o juiz foi muito receptivo, mas nenhuma atitude será tomada sem que haja a avaliação de diversos elementos. “Até o momento, a eleição continua marcada para acontecer em 4 de Julho”, explicou.

O município está em Lockdown até às 6h da manhã de segunda-feira (24), a partir daí os partidos tem até o dia 26 para realizar as convenções. “Não vejo problema na realização das convenções desde que sejam cumpridas as medidas de segurança e distanciamento”, declarou.

O processo eleitoral tem 45 dias de duração e segue as mesmas normas da eleição de novembro de 2020. O registro das candidaturas poderá ser feito até o dia 29 de maio.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome