Pinheiro Machado: Morre o ex-vereador João Carlos Ribeiro 

Vereador morreu na última sexta-feira (23), em decorrência de problemas cardíacos. (Foto: Arquivo Pessoal)

O ex-vereador de Pinheiro Machado, João Carlos Ribeiro, conhecido popularmente por Carlinhos, de 78 anos, faleceu na sexta-feira (23). Segundo familiares, ele morreu em casa devido a problemas cardíacos. Carlinhos era casado com Maria Eloá Ritta Ribeiro desde 1970 e pai de três filhos. Residia na cidade e era muito estimado pela população. 

A trajetória política teve início em 1996, quando concorreu, pela primeira vez, ao cargo de vereador pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). Foi eleito, sendo o vereador mais votado no pleito com 586 votos. No ano de 2000 foi reeleito. Na eleição de 2004 concorreu novamente se reelegendo para o 3º mandato.  Em janeiro de 2005 foi empossado e, pouco tempo depois, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) que o impediu de continuar a vereança. 

Carlinhos cumpriu dois mandatos na Câmara e foi eleito para um terceiro, mas teve que se afastar após a posse, em decorrência de um AVC. (Foto: Arquivo Pessoal)

Segundo a filha Vanessa Ribeiro, ele ficou afastado da política, mas nunca deixou de participar das reuniões do partido. “Nunca parou e nem desistiu, apesar das limitações físicas, se manteve atuante e fiel até o fim, interagindo e marcando presença nos movimentos políticos”.

O ex-prefeito, José Antônio Duarte Rosa, lamentou a perda do amigo e companheiro político. Segundo ele, Carlinhos foi um homem íntegro, comprometido com as causas que defendia, humilde e de coração enorme, sempre preocupado com os menos favorecidos e buscando alternativas para ajudar.

“É uma perda inestimável não só para o partido, mas para a sociedade pinheirense num todo. O Carlinhos deixa um legado de companheirismo, amizade, respeito e lealdade. A sua partida repentina nos deixa muito triste”, lamentou Rosa.

Além da vida política, Carlinhos era proprietário do Bar e Armazém Nossa Senhora Aparecida, o tradicional Bar do Carlinhos, um dos principais pontos de referência da cidade. O bar está em atividade há mais de 40 anos, atualmente, sobre a responsabilidade do filho Márcio.

Além do amor pela família, pedetista ativo, ele também era um gremista atuante e apaixonado pelo futebol. Foi fundador, presidente e goleiro do time Vila Nova, onde conquistou diversos troféus e vitórias.

O corpo do ex-vereador foi sepultado no sábado (24) no Cemitério Municipal de Pinheiro Machado. Ele deixou a esposa, três filhos e cinco netos.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome