Prefeita conhece nova ala cirúrgica da Beneficência Portuguesa em Pelotas

Prefeita Paula Mascarenhas visita nova ala cirúrgica da Beneficência Portuguesa. (Foto: Rodrigo Chagas)

A prefeita Paula Mascarenhas visitou a nova ala cirúrgica da Beneficência Portuguesa, nesta quinta-feira (17), para conhecer as instalações, compostas por seis salas de cirurgia e uma de recuperação, que irão reforçar os atendimentos prestados pela instituição à população de Pelotas e região. A unidade começa a funcionar no dia 21.

Acompanhada do diretor da instituição de saúde, Armando Manduca, e do cirurgião cardíaco e chefe da UTI de cardiologia do hospital, Felipe Dolzan, Paula conheceu as novas instalações e conversou com membros das equipes que irão atuar no centro cirúrgico. Entre os diferenciais apresentados a ela, estão as inovações tecnológicas, como a sala híbrida, que é um espaço para procedimentos minimamente invasivos, utilizado para cirurgias vasculares, mas que caso seja necessário, pode ser adaptado sem a necessidade de transferência do paciente.

“Pelotas, com esse investimento de Beneficência Portuguesa, certamente assume outro patamar em qualidade e segurança para os pacientes. São mais de mil metros quadrados de salas cirúrgicas da mais alta tecnologia e modernas, como a sala híbrida, a única da região sul do Estado, e ficamos muitos felizes de ver esse tipo de estrutura sendo ofertada aos pacientes, inclusive os atendidos pelo SUS, não apenas os particulares e com convênio. Então repasso meus cumprimentos à direção e a toda a equipe da Beneficência por nos trazer essa qualificação para a saúde da nossa zona sul”, destacou a chefe do Executivo pelotense.

Conforme explicou Manduca, a nova estrutura foi montada em um espaço onde antes funcionava uma cozinha, a farmácia e o serviço de eletrocardiograma. A partir de 2018, quando as obras se iniciaram, a diretoria do hospital começou a trabalhar para que o novo centro cirúrgico fosse referência em conforto para as equipes médicas, de enfermagem e de apoio, assim como a familiares e acompanhantes, isso tudo é aliado a uma infraestrutura hospitalar moderna e que possui 164 anos de atuação.

“O serviço contará com 80 colaboradores, além de uma equipe de cirurgiões cobrindo as mais variadas áreas de especialização. O Centro Cirúrgico receberá o nome do presidente da instituição, se chamando “Comendador Francisco Serra” e estará disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, para procedimentos de urgência, emergência e eletivos”, detalhou o diretor.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome