Pelotas: UPA Areal realiza meio milhão de atendimentos em oito anos

Com a média de oito mil pacientes por mês, Unidade de Pronto Atendimento completa oito anos em atividade nesta quinta-feira (4). (Foto: Reprodução/Prefeitura Municipal de Pelotas )

Importante reforço para desafogar os atendimentos no Pronto Socorro de Pelotas, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Areal completa oito anos em atividade nesta quinta-feira (4). Com funcionamento permanente, 24 horas por dia, o complexo recebe cerca de oito mil pacientes por mês, dispondo de atendimento clínico geral para casos de urgência e emergência. Desde que foi inaugurada, em 2016, a Unidade já registra mais de 517 mil atendimentos à comunidade pelotense. As instalações possuem, ainda, capacidade para quadros adultos e pediátricos.

Atualmente, o complexo desempenha papel crucial nos atendimentos em saúde do Município e dispõe de estrutura formada por três leitos de sala vermelha, quatro leitos de sala amarela, três pediátricos, dois de isolamento e sete poltronas de medicação, além de salas de sutura e de curativos.

A secretária municipal de Saúde, Rosana van der Laan, destacou a importância da Unidade, especialmente, no que diz respeito ao suporte prestado a pacientes com quadros mais graves, os quais podem ser mantidos nas instalações da UPA até que sejam encaminhados para éreas de maior complexidade.

“A UPA Areal presta um serviço importantíssimo no setor saúde. Além de funcionar 24 horas por dia, ininterruptamente, essa Unidade dá o suporte necessário ao Pronto Socorro de Pelotas, atendendo pacientes com menor gravidade e atuando como elo entre o PS e a Rede de Atenção Primária. As equipes que atuam no espaço ainda possuem condições de manter os pacientes graves em sua estrutura, até que sejam regulados para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Assim como cumprimentamos os médicos, funcionários e gestores, desejamos que essa estrutura se mantenha forte e siga atendendo os cidadãos cada vez com mais qualidade e humanidade”, destacou a gestora.

Até que fosse habilitada e qualificada pelo Ministério da Saúde, durante os primeiros seis meses após a inauguração, a UPA teve os serviços financiados exclusivamente pelo Poder Público, com o aporte financeiro mensal de cerca de R$ 675 mil.

Atendimento da Covid-19

Em 2020, com a chegada da pandemia da Covid-19, a Unidade assumiu importante função na prevenção do contágio cruzado, passando a atender, com exclusividade, demandas de assistência a pacientes com sintomas gripais agudos.

Quando procurar a UPA

Para evitar espera e deslocamentos desnecessários, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orienta que a população procure os serviços da UPA somente nos casos que de necessidade de atendimentos de urgência e emergência. Para demandas de saúde com menores complexidades, os pacientes devem procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Saiba o que cada serviço atende

Unidade de Pronto Atendimento (UPA)

  • Parada cardiorrespiratória
  • Alergias graves
  • Derrames e Acidente Vascular Cerebral (AVC
  • Cólica renal
  • Infarto (dor no peito)
  • Crise convulsiva
  • Falta de ar intensa
  • Pontos e suturas
  • Picada de animais venenosos
  • Profilaxia pós exposição
  • Queimaduras e intoxicações
  • Tentativa de suicídio

Unidade Básica de Saúde (UBS)

  • Consultas de rotina
  • Dor crônica
  • Renovação de receitas
  • Febre
  • Acompanhamento de pressão arterial
  • Vômito e diarreia
  • Encaminhamento para especialista e exames
  • Unha encravada
  • Dor de cabeça, garganta ou ouvido
  • Curativo e retirada de pontos
  • Dor de coluna leve a moderada
  • Injeções e troca de sonda

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome