Pelotas: Prefeitura disponibiliza nova vacina contra a Covid-19

Imunização é voltada a crianças entre seis meses e quatro anos, até 11 meses e 29 dias e de reforço aos grupos prioritários. (Foto: Divulgação/Pexels)

A Prefeitura de Pelotas disponibiliza a nova vacina contra a Covid-19 para a população entre seis meses e quatro anos, 11 meses e 29 dias e doses de reforço aos grupos prioritários. Contingente da população que atende um destes requisitos pode receber a imunização na Casa da Vacina (rua Gonçalves Chaves, 437), no ambulatório da UCPel (avenida Fernando Osório, 1.586) e em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 13h30 às 16h, exceto a UBS Jardim de Allah, que atende até 13h30.

Para se vacinar, é preciso apresentar o RG, CPF e cartão de vacinação. Crianças com idades entre seis meses e quatro anos, e 11 meses e 29 dias, que nunca foram imunizadas devem tomar duas doses da vacina. As vacinadas anteriormente com três doses Pfizer tomam apenas uma. Para outros casos, o responsável deve procurar a UBS mais próxima para orientações.

O novo imunizante XBB da Moderna substituirá todas as vacinas utilizadas até o momento contra o vírus da Covid-19. É uma vacina que se destaca por abranger um espectro maior de cepas em comparação com os imunizantes anteriores. A XBB está atualizada para combater uma subvariante da Ômicron/Covid-19, que atualmente é a cepa predominante no mundo.

Expediente dos locais de vacinação

– Todas as UBSs, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 13h30 às 16h, exceto a UBS Jardim de Allah, que funciona até 13h30
– Ambulatório da UCPel (avenida Fernando Osório, 1.586), de segunda a sexta-feira, a partir das 8h, com horário estendido até as 20h
– Casa da Vacina (rua Gonçalves Chaves, 437), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Grupos prioritários

A partir de cinco anos de idade nos seguintes casos:

– Pessoas de 60 anos ou mais
– Pessoas que vivem em instituições de longa permanência e seus trabalhadores
– Imunocomprometidos mediante comprovação
– Indígenas e quilombolas
– Gestantes e puérperas
– Pessoas com deficiência permanente
– Pessoas com comorbidade mediante comprovação
– Pessoas privadas de liberdade com mais de 18 anos
– Funcionários do sistema de privação de liberdade
– Adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas
– Pessoas em situação de rua
– Profissionais da Saúde

*Atualizado em 06/06/2024

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome