Está aberta a programação do Outubro Rosa em Pelotas

(Foto: Divulgação)

Com o slogan “Câncer de mama: previna-se!”, a Prefeitura, instituições e populares abriram a programação do Outubro Rosa, na manhã desta terça-feira (1º), no Largo Edmar Fetter, sob animação da banda do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM). A prefeita Paula Mascarenhas e ovice Idemar Barzestiveram à frente da mobilização, cujo objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce.

“O Outubro Rosa deu início aos meses coloridos que foram instituídos para alertar sobre a necessidade de prevenção. É preciso descobrir a doença o quanto antes, para tratá-la e retomar a vida, que tem tanto a oferecer! Sou uma fã do Outubro Rosa”, afirmou a prefeita Paula.

Movimento internacional, que surgiu nos Estados Unidos no início da década de 90, tem como focos a difusão de informações e a promoção de conscientização sobre o câncer de mama, levando cada vez mais pessoas à procura de diagnóstico e tratamento. Mulheres e homens são propensos à doença.

As manifestações

A coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Roséli Ortiz, anunciou a Blitz Rosa, que será realizada em Pelotas no dia 23, e comentou que a programação do Outubro Rosa/2019 foi construída a muitas mãos, com a finalidade de difundir informações sobre a importância do diagnóstico, buscando a prevenção.

A vereadora Daiane Dias (PSB), autora da lei que instituiu a Blitz Rosa no Município, informou que a ação ocorrerá em cinco pontos da cidade, com entrega de material informativo, referente ao câncer de mama, a condutores de veículos. Daiane falou acerca da necessidade de revisão da tabela do SUS e salientou que o Poder Legislativo está engajado no Outubro Rosa – dia 25, às 10h, haverá audiência pública no plenário da Câmara.

O secretário de Assistência Social, Luiz Eduardo Longaray, salientou que toda a Prefeitura está engajada na programação. “As secretarias aderiram à proposta de prevenção de forma integrada”. Para o secretário, as mulheres estão à frente das famílias e têm de se manter fortes para continuar liderando a estrutura.

O vereador Enéias Clarindo (PSDB), comentou que o mês é dedicado a diversas ações que visam a chamar a atenção da sociedade sobre o câncer de mama, o tratamento e a cura. “As mulheres são exemplo para os homens, pela mobilização e pela forma corajosa de enfrentar a doença.”

A prefeita parabenizou todos os envolvidos na programação do Outubro Rosa. “É gente que doa inteligência e afeto à causa da vida, difundindo informações de qualidade sobre a importância da prevenção. Compartilho a alegria do início desta jornada. O câncer é doloroso, machuca, é difícil, assusta. Mas tem tratamento e cura”, observou.

Serviços no lançamento

Instituições engajaram-se ao lançamento do Outubro Rosa, montando estrutura de serviços no Largo, ao lado do Mercado. Estiveram presentes a Associação de Apoio às Pessoas com Câncer (Aapecan); o Instituto Buquê do Amor (IBA), com exposição de trabalhos manuais; o curso Dimensão, com aferição de pressão arterial e medição de glicose; Mary Kay, com produtos e orientação de beleza; e o Projeto Barraca da Saúde, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), com avaliação nutricional, terapia ocupacional, pressão arterial e avaliação bucal.

Entre os envolvidos que colaboram voluntariamente com a causa, estavam presentes na abertura do Outubro Rosa o diretor-presidente do Sanep, Alexandre Garcia; a assessora especial de Relações Institucionais e Gestão Estratégica, Clotilde Victória; o coordenador da Região Metade Sul da Aapecan, Fabiano Gerbaldo; a coordenadora do Centro de Referência para Mulheres, Andréia Vieira; a coordenadora do IBA, Janice Santos; a presidente da Casa de Acolhida Luciety, para mulheres vítimas de violência, Maria José Garcia; e a coordenadora do Projeto de Extensão Barraca da Saúde, Michele Mandagará.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome