Pelotas: Município aplica vacina contra brucelose em terneiras

Foto: Divulgação/SDR

Agricultores familiares da zona rural do Município, que têm terneiras fêmeas de três a oito meses de idade, já podem solicitar a visita de equipe da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), da Prefeitura, para vacinação dos animais contra brucelose. A imunização com a “B19” é obrigatória e só pode ser aplicada por veterinário.

O agendamento para a visita técnica pode ser diretamente pelo telefone da Secretaria: (53) 3225-2155. O contato deve ser com a veterinária responsável, Raquel Klumb Arnoni, que faz o procedimento de vacinação com o apoio dos estagiários Carolina e Eduardo.

Preferencialmente, a visita é feita aos produtores que juntam dez animais para vacinação. Raquel Arnoni explica que a vacina vem em frascos com 10 doses que devem ser utilizadas em poucas horas. O número adequado de terneiras pode ser reunido de propriedades vizinhas, para não haver desperdício da vacina.

Riscos da zoonose

Brucelose é uma zoonose infectocontagiosa causada por bactérias que podem adoecer os humanos, por meio da lida com animais infectados ou consumo de alimentos contaminados, como leite cru ou carne malpassada, entre outros. As bactérias alojam-se principalmente nas articulações, no útero e nos testículos.

A doença pode causar, nos humanos, febre, mal-estar; sudorese (principalmente à noite); fraqueza; calafrios; cansaço; perda de peso; e dores de cabeça, articulares, musculares, abdominais e nas costas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome