Vereador Jone Soares (PSDB) visita APAE Pelotas

Vereador Jone Soares conheceu a APAE e os serviços prestados. (Foto: Divulgação)

O vereador Jone Soares visitou, na última terça-feira (15), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Pelotas. Jone foi recebido pelo diretor da APAE Pelotas, Claudio Rosa da Cruz e pela coordenadora pedagógica, Geane Silva Dias, que apresentaram a instituição, a estrutura e os serviços prestados à comunidade.

A APAE vem passando por dificuldades financeiras há alguns anos e chegou a ter déficit de caixa de R$ 3 milhões. Com a chegada da equipe interventora nomeada pela Federação das APAES do Estado (FEAPAES – RS), já foi possível organizar algumas contas, mas a instituição ainda sofre com problemas estruturais que comprometem o atendimento.

“Toda doação é fundamental e toda a ajuda é bem-vinda, pois são muitas dívidas acumuladas ao longo dos últimos anos, e estamos trabalhando constantemente para melhor a situação da APAE”, reforçou o diretor Claudio.

Neste ano, a Associação recebeu cerca de R$ 90 mil reais em emendas impositivas destinadas pelo Vereador Sid Fagundes, para a reforma do pátio externo, que está com piso quebrado e não pode ser utilizado pelos alunos. Mesmo assim, ainda faltam recursos para a reforma da fachada, que há muitos anos não recebe manutenção.

“O serviço prestado pela APAE é de extrema importância para a comunidade de Pelotas. São centenas de crianças com deficiência física e intelectual que merecem uma estrutura que permita um atendimento de qualidade”, destacou Jone, que declarou seu interesse em destinar recursos para a instituição.

Durante a visita, a coordenadora Geane explicou como funcionam os atendimentos. São 137 crianças que frequentam a escola diariamente, e cerca de 780 atendimentos nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, neurologia e educação especial. “O trabalho oferecido pela APAE é voltado para que o indivíduo tenha autonomia e independência, preparação para o mercado de trabalho e uma inclusão social gradual de acordo com a situação e adaptação de cada um”, pontuou.

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome