Procissão motorizada volta a ser realizada no dia de São Cristóvão em Pelotas

Pároco Padre Jaime Souto (E), o coordenador da festa Luiz Gallas (C), festeiro Fernando Martins (C), Armando Jaekel (D), da pastoral da comunicação. (Foto: Daniel Batista/JTR)

Promovida pela paróquia que leva o nome do padroeiro, evento faz parte da programação da festa

A procissão motorizada voltará a fazer parte da programação da 36ª Festa de São Cristóvão e dos Motoristas, da paróquia que leva o nome do santo. Devido à pandemia, o evento não foi realizado no ano passado. Um almoço solidário, no sistema pegue e leve, e a missa solene, também ocorrerão no domingo (25).

O percurso, previsto para iniciar às 08h30, sairá da Igreja, na Rua Lindolfo Collor, 80, e seguirá pela Rua Marcílio Dias, pela Avenida Bento Gonçalves, continuando na Avenida Duque de Caxias e seguindo para a Avenida Cidade de Lisboa, para ingressar na BR-116 e, por fim, na Avenida Fernando Osório, até retornar à Paróquia.

E quando passam aqui na frente da igreja nós abençoamos os motoristas”, afirma o pároco Padre Jaime Souto. Ele reforça que São Cristóvão é padroeiro dos motoristas e que, por isso, todos os veículos, como bicicletas, motos, caminhões, carros, charretes, podem ser utilizados para participar do evento.

Durante o trajeto, quatro carros com bandeira branca e a palavra “Doação”, servirão como pontos de coleta de alimentos não perecíveis. A ação é uma novidade para este ano, conforme o festeiro Fernando Martins.

Projeto solidário
Após a procissão, um almoço solidário será ofertado no sistema pegue e leve, com o intuito de evitar aglomeração. A retirada poderá ser feita das 11h30 às 13h30. Parte dos ingressos foi vendida previamente e também contemplarão uma refeição para um morador de rua, no âmbito do Projeto São Lázaro, criado pela igreja em virtude da pandemia. Às segundas-feiras, são distribuídas jantas, cobertores e roupas para cerca de 150 pessoas que vivem nas ruas de Pelotas. “E isso graças à generosidade dos paroquianos, porque tudo é doado e nós temos recebido muita coisa”, afirma o pároco.

Por isso, o lema da festa será “Com São Cristóvão andamos na caridade”. Interessados podem adquirir os ingressos previamente na secretaria da paróquia. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (53) 3229-4421.

Missa ocorrerá com limitação de lugares. (Foto: Daniel Batista/JTR)

Por fim, às 18h, ocorrerá a missa solene, em honra a São Cristóvão. A presença na Igreja será limitada a 89 lugares, respeitando a distância de dois metros, com o uso obrigatório de máscara. Álcool gel também estará disponível para os presentes.

A coordenação da festa é feita por Luiz Gallas. Os festeiros são Fernando Martins e a esposa Simone Martins, e Alcindo Dedavid e a esposa Cristiane Lapuente.

A Paróquia

A paróquia foi construída em 9 de julho de 1985, e é localizada próxima à Curva da Morte, na Avenida Fernando Osório. O primeiro pároco foi o Padre José Schramm, que também idealizou e criou a Festa em homenagem a São Cristóvão. A paróquia tem como função fundacional “evangelizar e transformar o trânsito”.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome