Pelotas: Após atingir novamente 3 metros, nível do São Gonçalo baixa para 2,81 metros

A Lagoa dos Patos também manteve o nível em oscilação ao longo desta madrugada, passando de 2,57 metros à 0h para 2,40 às 8h. (Foto: Jaine Tomberg)

Após atingir mais uma vez os 3 metros no domingo (19), o nível do canal São Gonçalo baixou para 2,81 metros às 8h desta segunda-feira (20). O declínio foi percebido durante toda a madrugada, quando o índice variou entre 2,90 metros a 2,84 metros. A maior suba do período ocorreu à 0h, com 2,92 metros. A medição é realizada pelo sensor do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep).

Confira as últimas aferições do nível do canal:

  • 0h: 2.92 metros
  • 1h: 2.90 metros
  • 2h: 2.89 metros
  • 4h: 2.85 metros
  • 5h: 2.84 metros
  • 6h: 2.84 metros
  • 7h: 2.83 metros
  • 8h: 2.81 metros

A Lagoa dos Patos também manteve o nível em oscilação ao longo desta madrugada, passando de 2,57 metros à 0h para 2,40 às 8h. A aferição é feita pelo Laboratório HidroSens da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Confira as últimas aferições do nível da lagoa:

  • 0h: 2.57 metros
  • 1h: 2.54 metros
  • 2h: 2.51 metros
  • 4h: 2.46 metros
  • 5h: 2.45 metros
  • 6h: 2.43 metros
  • 7h: 2.43 metros
  • 8h: 2.40 metros

Em pronunciamento pelas redes sociais na manhã de domingo, a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) explicou que as águas do segundo pico de cheia do Lago Guaíba, em Porto Alegre, estão descendo para Pelotas, com previsão de chegada a partir da noite deste domingo e ao longo de segunda-feira. Dessa forma, haverá um maior volume de água chegando ao município até quarta-feira (22). Outro fator é a direção dos ventos, que mudará para o sentido nordeste. “Normalmente o vento nordeste é bom, que empurra as águas. Mas esse vento vai estar trazendo essas águas talvez com mais força e velocidade”, acrescentou.

Além disso, a partir de terça-feira à noite e durante toda a quarta-feira, há previsão de chuva forte em Pelotas, a qual deve ultrapassar os 50mm. A previsão de precipitação forte é ainda mais prejudicial tendo em vista que os solos já se encontram encharcados, o que dificulta a absorção da água.

Outro ponto de preocupação, citado pela prefeita, é incidência da Lua Cheia, que entra a partir de terça-feira. Isso porque essa fase da lua faz com que a maré fique muito oscilante. Assim, a maré alta fica muito alta, e a maré baixa muito baixa. Esse cenário propicia marés altas durante a noite.

“Iremos acompanhar, monitorar e informar vocês diariamente, porque em termos de intervenção nas nossas contenções, nós não temos mais muito o que fazer. Já fizemos todas as intervenções para fortalecer o nosso dique”, garantiu Paula.

A prefeita também afirma que o dique pelotense foi examinado por um grupo de especialistas do Sanep, tendo sido avaliado como um dos mais fortes e robustos dos municípios da região. “Mas é claro que ainda nos preocupa, porque mesmo que a sua estrutura segure, se houver uma elevação muito grande das águas, pode passar por cima do dique. Então, nós temos que ficar muito em alerta”, explicou.

Por conta da perspectiva não muito favorável, a Prefeitura optou por não retornar às aulas no município pelo menos até quarta-feira.

Até o último balanço divulgado pela Prefeitura, às 20h de domingo, 727 pessoas estavam em abrigos públicos.

  • Z3 (salão paroquial João Paulo II): 44 famílias, 153 pessoas;
  • Laranjal (Escola Edmar Fetter, rua cinco, número 100): 38 famílias, 155 pessoas;
  • AABB (rua Alberto Rosa, 580): 36 famílias, 93 pessoas;
  • ESEF (rua Luis de Camões , 625): 46 famílias, 122 pessoas;
  • Santa Teresinha Futebol Clube (rua Santo Antônio, 86) seis famílias, 23 pessoas;
  • Cenáculo (avenida Dom Joaquim, 1.618): 13 famílias, 47 pessoas;
  • Cavg (avenida Ildefonso Simões Lopes, 2.791): 42 famílias, 111 pessoas;
  • Exército de Salvação (avenida Fernando Osório, 6.745): seis famílias, 23 pessoas.

Na live, a prefeita divulgou ainda uma lista de itens prioritários para a doação nos abrigos municipais. Entre eles:

Produtos de alimentação:

  • Cestas básicas (sempre muito bem-vindas);
  • Proteína (carnes e ovo);
  • Café;
  • Achocolatado;
  • Margarina;
  • Açúcar;
  • Óleo;
  • Sal;
  • Extrato de tomate;
  • Sucos em pó.

Itens de higiene pessoal:

  • Desodorante;
  • Barbeador;
  • Shampoo.

Infraestrutura:

  • Cobertores;
  • Roupas de cama;
  • Toalhas de banho;
  • Itens para crianças (livros infantis, brinquedos, kits escolares);
  • Móveis de plástico (cadeiras, mesas…).

Roupas:

  • Roupas de inverno masculinas (muita necessidade);
  • Roupas íntimas;
  • Calçados.

*Roupas femininas estão com os estoques cheios, não precisam de doações.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome