Níveis do São Gonçalo e da Lagoa dos Patos se mantêm estáveis em Pelotas

O canal apresentou uma elevação de 1cm entre as 12h e as 13h, enquanto o índice da Lagoa chegou a reduzir 2cm entre as 14h e as 15h, subindo 1cm uma hora depois. (Foto: Michel Corvello/Ascom)

Os níveis do canal São Gonçalo e da Lagoa dos Patos se mantiveram estáveis durante a tarde desta terça-feira (21), em Pelotas. O canal apresentou uma elevação de 1cm entre as 12h e as 13h, enquanto o índice da Lagoa chegou a reduzir 2cm entre as 14h e as 15h, subindo 1cm uma hora depois.

Confira as últimas medições do São Gonçalo de acordo com o sensor do Serviço Autônimo de Saneamento de Pelotas (Sanep):

  • 12h: 2,86 metros;
  • 13h: 2,87 metros;
  • 14h: 2,87 metros;
  • 15h: 2,87 metros;
  • 16h: 2,87 metros;
  • 17h: 2,87 metros;
  • 18h: 2,87 metros.

Confira as últimas medições da Lagoa dos Patos de acordo com o Laboratório HidroSens da Universidade Federal de Pelotas (UFPel):

  • 12h: 2,60 metros;
  • 13h: 2,60 metros;
  • 14h: 2,60 metros;
  • 15h: 2,58 metros;
  • 16h: 2,59 metros;
  • 17h: 2,59 metros;
  • 18h: 2,59 metros.

Resumo da live desta manhã da prefeita Paula Mascarenhas (PSDB):

Cenário Atual:

Níveis estabilizados em alta no canal São Gonçalo e na Lagoa dos Patos com pequenas oscilações.

Previsão

Chuva e Vento: A partir desta quarta-feira (22) e até o fim da semana, previsão de volumes significativos não só em Pelotas, mas também na região da Lagoa Mirim. A expectativa é de 100 milímetros de chuva.

Níveis de Água: Com a água vindo da Lagoa dos Patos, empurrada pelo vento Nordeste, e as chuvas, os níveis devem aumentar novamente. Pessoas em áreas de risco devem continuar em alerta. Não se recomenda ainda o retorno às suas casas.

Esforços de Resgate e Segurança

Equipes nas Ruas: As equipes de resgate e segurança continuam nas ruas, em alerta total, monitorando a situação e informando a população.

Intervenção no Laranjal

Recuperação do Barramento: Prefeitura está atenta à situação no Laranjal. Assim que forem possíveis condições de intervenção, equipes vão trabalhar no fortalecimento do dique e na remoção da água com bombas. Nesta terça-feira será feito um sobrevoo com drone para avaliar a situação.

Apoio às famílias atingidas

Recursos estaduais e federais: Prefeitura está cadastrando as pessoas afetadas para que possam acessar os recursos do governo do estado e do governo federal. Em breve, serão disponibilizados cards informativos com detalhes sobre como proceder.

Visita à Z3: Na segunda-feira (20), prefeita, vice e secretários estiveram na Z3 para acompanhar de perto os danos causados pelas águas. Prefeita assegura apoio na reconstrução das áreas afetadas e busca de alternativas para apoiar os empreendedores.

Iniciativas para a População

FGTS: O FGTS já pode ser acessado por quem tem direito, por meio da Caixa Econômica Federal.

Tributos e Isenções

Debates em Curso: Na Câmara, vereadores debatem a isenção de tributos para os atingidos. O foco atual da gestão é a proteção das pessoas, sem descuido a todas as necessidades e trabalhando em cada frente.

Situação dos abrigos da Prefeitura até esta terça-feira:

Total de pessoas abrigadas: 723

  • Z3 (Salão paroquial João Paulo II): 44 famílias, 153 pessoas;
  • Laranjal (Escola Edmar Fetter, rua cinco, n° 100): 37 famílias, 153 pessoas;
  • AABB (rua Alberto Rosa, n° 1.580): 34 famílias, 93 pessoas;
  • ESEF (rua Luís de Camões, 625): 49 famílias, 127 pessoas;
  • Santa Teresinha Futebol Clube (rua Santo Antônio, 86): nove famílias, 21 pessoas;
  • Cenáculo (avenida Dom Joaquim, 1.618): 13 famílias, 47 pessoas;
  • CaVG (avenida Ildefonso Simões Lopes, 2.791): 42 famílias, 106 pessoas;
  • Exército de Salvação (avenida Fernando Osório, 6.745): seis famílias, 23 pessoas.

Trânsito

Avenida Ferreira Viana, sentido centro-bairro: pista fechada da Estrada do Engenho à rotatória da rua das Traíras (Comendador Rafael Dias Mazza). Água na pista. Há sinalização e agentes de trânsito no local.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome