Feira de Uvas de Pelotas é prorrogada por mais uma semana

Comercialização em bancas no Centro e bairros se encerraria neste sábado, mas vai prosseguir até o dia 2 de março. (Foto: Gustavo Vara)

Os resultados positivos das duas semanas da 14ª Feira de Uvas de Pelotas, que se iniciou no dia 15 e se encerraria neste sábado (24), e a disponibilidade de frutas nos pomares da zona rural foram determinantes para os organizadores do evento decidirem pela prorrogação, até o dia 2 de março, da comercialização direta do produtor ao consumidor.

Estender a Feira por mais uma semana foi deliberação, em comum acordo, da Prefeitura, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Emater, Embrapa, Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Pelotas e agricultores que cultivam a fruta nas suas propriedades.

“Em duas semanas. 1.641 quilos de uvas in natura foram comercializados na Feira. Enquanto houver produtores interessados e a fruta nos pomares, estaremos incentivando a comercialização direta para o consumidor. Todos ganham com essa medida. Quem produz recebe preço justo e quem compra leva para casa produto de grande qualidade. O pedido de prorrogação partiu dos produtores e contou com nosso total apoio”, justifica o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Rural, Idemar Barz.

Além da uva in natura, nas bancas da 14ª Feira de Uvas de Pelotas é possível encontrar variedades da produção colonial com a fruta. Do dia 15 até a quinta-feira (22), já haviam sido comercializadas 302 cucas de uva, 211 garrafas de suco e 89 de vinho, atém de geleia. As bancas estarão abertas das 9 às 18h nos mesmos locais e dias da semana.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome