UFPel anuncia retorno das atividades administrativas e acadêmicas

A Universidade Federal de Pelotas. (Foto: Divulgação)

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) divulgou uma nota, nesta terça-feira (28), anunciando o retorno das atividades administrativas e acadêmicas.

De acordo com o comunicado, as atividades administrativas e de preparação acadêmica serão retomadas na segunda-feira (3). Já as aulas retornam uma semana depois, no dia 10, seguindo o Parecer Normativo nº 107, de 27 de maio de 2024.

O retorno das atividades administrativas permitirá a preparação dos ambientes que receberam intervenção por conta das cheias, seja no incremento de medidas de precaução, nas atividades de apoio aos atingidos ou no fornecimento de espaço de apoio à Defesa Civil.

Confira a nota na íntegra:

Ainda enfrentamos alguns desafios postos pelos recentes eventos climáticos extremos que incidem em nosso estado e nossa cidade.

Felizmente o quadro que se desenha para os próximos dias é alentador e permite que pensemos na retomada gradual das atividades rotineiras de nossa Universidade.

No apoio ao poder público municipal, nossos(as) servidores(as) docentes e técnicos(as)-administrativos(as) e estudantes têm, uma vez mais, demonstrado a importância da ciência, da pesquisa e da academia para o enfrentamento dos desafios da sociedade.

De outro lado, a UFPel, institucionalmente, bem como por intermédio de cada um de seus(as) estudantes, técnicos(as)-administrativos(as) e docentes tem demonstrado elevado espírito de solidariedade, empatia e compromisso social, se engajando em inúmeras e relevantes iniciativas voluntárias de apoio e auxílio aos(às) atingidos(as).

A cada um e à cada uma manifestamos nossos mais sinceros agradecimentos e reconhecimento.

Informamos, então, que as aulas na UFPel retornarão no dia 10 de junho e as atividades administrativas retornarão no dia 03 de junho.

O retorno das atividades administrativas no dia 03 de junho permitirá a adequada preparação dos ambientes que sofreram alguma intervenção em função das chuvas. Seja no incremento de medidas de precaução, seja nas atividades de apoio aos atingidos, seja no fornecimento de espaço de apoio à Defesa Civil.

Assim, por exemplo, as unidades localizadas em áreas que poderiam ser atingidas e, mediante mutirão, subiram seus materiais (equipamentos, mobiliários, documentos, insumos, etc) com o objetivo de salvaguardar seu patrimônio, devem construir movimento oposto neste momento, por meio de novos mutirões, contando com o apoio de sua comunidade e, quando necessário, da SUINFRA;

Da mesma forma, servirá para que cada unidade acadêmica, a partir das orientações gerais do COCEPE, se organize a fim de ser possível a retomada natural das aulas no dia 10 de junho, seguindo o Parecer Normativo nº 107, de 27 de maio de 2024, documento SEI 2620968.

Desejamos que uma vez mais consigamos enfrentar e ultrapassar os desafios apresentados.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome