Pelotas: Servidores terão benefícios no convênio de consignados

Bradesco, Sicredi, Caixa Federal e Banco do Brasil apresentam medidas de prorrogação, carência e suspensão dos contratos de convênio. (Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil)

Solicitado pela Prefeitura de Pelotas em razão do período de calamidade no município, os bancos Bradesco, Sicredi, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil confirmam a concessão de benefícios aos servidores da Prefeitura relacionados ao pagamento do crédito consignado a partir de junho deste ano. Os bancos utilizaram medidas distintas de prorrogação, carência e suspensão.

Caixa Federal

Conforme a Caixa Econômica Federal, foram habilitados dois benefícios no convênio de consignado Caixa, nas formas de carência e suspensão. As novas contratações e renovações poderão ser formalizadas com carência de até seis meses para o primeiro pagamento, com a adesão individual, por servidor, feita junto à agência de relacionamento Caixa.

Quanto à suspensão, todos contratos do convênio foram suspensos de pagamento a partir de junho, com duração de quatro meses. Os contratos deverão ser retomados a partir de outubro, com as averbações a favor da Caixa sendo mantidas. Este benefício é coletivo e contempla todos os contratos da Prefeitura com o banco em questão.

Sicredi

Mediante solicitação do Município, a Cooperativa Sicredi Interestados informou que os associados podem realizar o pedido individual de prorrogação das operações de crédito consignado nas agências da cooperativa. Segundo a instituição, a solicitação precisa ser realizada presencialmente, conforme o prazo de vencimento das parcelas do servidor.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil apresentou a possibilidade de carência de seis meses em operações de renovação e novas contratações à Prefeitura. Além deste benefício, a instituição estuda novas medidas, que em breve devem ser divulgadas aos servidores.

Bradesco

O banco Bradesco, a partir deste mês, oferece 120 dias de suspensão do pagamento de empréstimos consignados de todos os mutuários.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome