Começa a 8ª Quinzena do Pêssego de Pelotas

O prefeito em exercício, Idemar Barz prestigiou a abertura da Quinzena do Pêssego (Foto: Michel Corvello)
8ª Quinzena do Pêssego de Pelotas teve início nesta sexta-feira (26). A abertura da temporada ocorreu no Largo do Mercado Central e contou com a presença do prefeito em exercício Idemar Barz, e do secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel, além de representantes das instituições envolvidas na Feira Municipal do Pêssego, que vai até o dia 11 de dezembro. Nesse período, consumidores poderão encontrar a fruta in natura e adquirir produtos derivados em bancas localizadas no Centro e nos bairros da cidade.
“O pêssego é um produto muito especial. Esperamos que essa safra seja uma das melhores dos últimos anos, e que a produção da fruta continue gerando emprego e renda tanto em Pelotas, quanto na região”, destacou Idemar, que foi presenteado com uma cesta de itens feitos com pêssego na abertura da Feira.

Prefeitura e a Emater são responsáveis pela organização da Quinzena do Pêssego, com a participação da Embrapa, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, da Associação dos Produtores de Pêssego da Região de Pelotas, do Sindicato das Indústrias de Doces e Conservas de Pelotas, da Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul, e apoio do Sicredi.

A importância da Quinzena, para os produtores da fruta, também foi ressaltada pelo secretário Seidel. “É uma alegria e uma satisfação falar em pêssego. O cultivo dessa fruta gera postos de trabalho, renda e desenvolvimento para a nossa região. Somos destaque nacional na produção e comercialização do pêssego, e esperamos que as nossas expectativas sejam superadas”, enfatizou, ainda agradecendo as mais de 600 famílias que atuam no cultivo na Colônia.

Movimentando a economia

No cenário do agronegócio, o pêssego é a cultura mais importante do Município. O secretário Jair Seidel salienta que a produção movimenta em torno de R$ 200 milhões, sendo responsável pela maior parte do PIB do setor, gerando postos de trabalho e renda.

Expectativa de vendas

A produtora Graciela Scheunemann, 39 anos, disse que está apostando alto na Quinzena do Pêssego. “Essa é uma oportunidade que temos do nosso produto, que cultivado com tanto carinho, ter mais visibilidade”, enfatizou a agricultora que, além de geleia, também comercializa as variedades rubimel, mandinho e amarelo in natura.

Acompanharam o ato os secretários de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam, e o de Cultura, Paulo Pedrozo, além dos assessores especiais de Relações Institucionais, Henrique Pires, e de Projetos Especiais, Luiz van der Laan. O vereador Jair Bonow (PP) representou a presidência da Câmara Municipal e esteve acompanhado dos parlamentares Paulo Coitinho (Cidadania), César Brisolara (PSB), Marisa Schwarzer (PSB), Marcos Ferreira (PTB) e Miriam Marroni (PT).

O presidente da Associação dos Produtores de Pêssego de Pelotas, Mauro Scheunemann; o chefe geral da Embrapa Clima Temperado, Roberto Pedroso; o gerente regional da Emater Zona Sul, Ronaldo Maciel; o presidente da Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul, Waldemar Vahl; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pelotas, Nilson Loeck, o chefe do Escritório Municipal da Emater, Francisco Arduin, e o representante do Sindicato das Indústrias de Doces e Conservas Alimentícias de Pelotas, Cláudio de Sá, prestigiaram a abertura oficial.

No final da cerimônia, houve degustação do tradicional arroz com pêssego, preparado por cozinheiras do Sindicato Rural. Os presentes também conheceram um pouco mais sobre a história da fruta, com informações em cada uma das bancas montadas no Largo Edmar Fetter. Mulheres que se destacaram no processo de produção foram homenageadas com flores.

Saiba onde encontrar as bancas até o dia 11 de dezembro

* Centro

Largo do Mercado Central – de segundas-feiras a sábados, das 9 às 17h

* Bairros

– Sábados e domingos – Laranjal – avenida Rio Grande do Sul esquina Antônio Augusto Assumpção Júnior (praia)

– Segundas-feiras – Três Vendas – Terra Nova

– Terças-feiras – Três Vendas – avenida Fernando Osório (entrada da Lindoia) e avenida Salgado Filho defronte a Havan

– Quartas-feiras – avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira no entroncamento com a avenida Dom Joaquim

– Quintas-feiras – Fragata – avenida Duque de Caxias defronte o Sicredi

– Sextas-feiras – Três Vendas – Terra Nova

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome