Prefeitura de Morro Redondo promove reunião para tratar sobre recursos à saúde

Foto: Diones Forlan/JTR

Na quarta-feira (30), nas dependências do Centro Cultural de Eventos Valdino Krause, foi realizada reunião promovida pela Prefeitura de Morro Redondo, junto à 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS), Centro de Referência e Assistência Social (Cras), Emater e comunidade quilombola Vó Ernestina.

O objetivo foi apresentar os valores disponíveis, segundo Portaria nº 98/2013, referente ao contingenciamento da saúde para as comunidades quilombolas de R$76.504,55 e Portaria nº 506/2020, no valor de R$ 1 mil para o combate à Covid-19, em que foi necessário compor um plano de aplicação para os recursos.

O secretário de Administração e Finanças, Fabris Prestes, e a delegada da 3ª CRS, Caroline Hoffmann, ressaltaram que a utilização destes recursos serão baseadas no interesse da maioria da comunidade quilombola por se tratar de uma política pública.

“Pontuo que o recurso da Portaria nº 98/2013, é depositado fundo a fundo, ficando em uma conta da Prefeitura juntamente com outros recursos e que, segundo a resolução, não há restrição quanto à movimentação, contando que no ato da assinatura do plano de aplicação, o recurso esteja disponível para execução”, destacou Jenifer Çoradini, responsável pela coordenação regional de saúde para população negra, povos indígenas, saúde LGBT e saúde prisional.

A chefe da Emater, Karin Peglow, parabenizou a iniciativa da Prefeitura de oportunizar essa discussão acerca das prioridades da comunidade quilombola e destacou outras ações em andamento no município.

Quanto à Portaria nº 506/2020, ficou decidido que será destinada para compra de equipamentos de proteção individual (máscaras e álcool gel) para as 77 famílias, podendo ser complementado pela Prefeitura.

Já o outro recurso relativo à Portaria nº 98/2013 foi montado uma comissão composta por seis representantes da comunidade quilombola e um representante da associação quilombola Vó Ernestina (Maria das Dores Alves da Silva, Elisângela Quintana, Daniela Almeida, Josiele Jorge Silveira, Carlos Alberto da Silva Silveira, Simone da Silva Duarte, Manoel da Conceição dos Santos), onde a mesma vai definir nos próximos dias onde deverá ser aplicado esse recurso.

Aproveitando o momento, o secretário municipal disse que durante esse mês serão feitos  cercamento, construção das bases e instalada a academia de ginástica ao ar livre junto à comunidade quilombola.

Também estiveram presentes na reunião a extensionista da Emater, Regina Medeiros, secretária de Saúde e Assistência Social, Dolores Ebeling, coordenadora do CRAS, Ester Sias, membros da comunidade e outros.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome