Morro Redondo realiza V Concurso Municipal de Qualidade do Mel

Evento aconteceu na última sexta-feira (28), no Centro Cultural de Eventos Valdino Krause. (Foto: Diones Forlan/JTR)

Aconteceu, na última sexta-feira (28), no Centro Cultural de Eventos Valdino Krause, o V Concurso Municipal de Qualidade do Mel. O evento ocorre tradicionalmente na Festa de Aniversário de Morro Redondo, a qual esse ano não foi realizada devido às chuvas que assolaram o Estado em maio.

A organização do concurso foi do Escritório Municipal da Emater-RS/Ascar, com apoio das secretarias municipais de Educação Cultura e Desporto (SMECD) e de Desenvolvimento Rural e Turismo (SMDRT), como também da Associação dos Empreendedores de Turismo do Morro Redondo (AETMORE) e da Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Produtores Rurais de Morro Redondo (ADCPR-MR), a qual o Grupo de Apicultores, que existe desde 2016, é ligado.

Na abertura, o chefe do escritório da Emater de Morro Redondo, Evaldo Voss, falou da importância do mel no município e do programa RS Biodiversidade, executado em 2005, com o apoio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, como o primeiro trabalho junto aos apicultores e que ofertou materiais para o trabalho com as abelhas.

Na sequência, Luana Büttow, representando a SMECD, ressaltou a satisfação para a secretaria em apoiar esse evento levando em contra a importância da atividade agrícola.

Eldon Bosenbecker, presidente da ADCPR-MR, falou das dificuldades de produção enfrentada pelos apicultores neste ano. Ele também é apicultor e destacou que a atividade com as abelhas está presente em muitas propriedades no município, sendo o mel uma fonte de renda para muitas famílias. Também apontou a necessidade de saber conviver com as abelhas e outras atividades.

Antônio Martins, titular da SMDRT, ressaltou que o concurso vem auxiliando os apicultores a superar as dificuldades.

Já Ronaldo Maciel, gerente regional da Emater de Pelotas, se disse satisfeito em estar participando da atividade no Morro Redondo e, antecipando o tema da sua palestra, ressaltou o quanto as mudanças climáticas estão influenciando no cultivo das abelhas e que precisamos estar atentos para realizar os manejos adequados no momento certo.

Após a abertura, Adriane Lobo, da Emater de Morro Redondo, explicou como ocorreria o concurso e destacou que a palestra de Maciel sobre a apicultura e as mudanças climáticas seria ministrada simultaneamente em outro ambiente.

Logo então, os jurados Mara Gonçalves, da SMECD; Jaqueline Costa Abraham, da ADCPR; e Pedro Bastos, diretor de Turismo da SMDRT, foram chamados para o início do Concurso, que foi conduzido por Adriane e Carolina Nunes, assistente administrativa do Escritório Municipal da Emater.

Neste ano, o concurso contou com oito amostras, devido às dificuldades que os apicultores tiveram em colher mel nessa safra primavera/verão, pelo excesso de chuvas. Os jurados deram notas de 1 a 5 para os itens sabor, aroma e cor.

Com as notas já somadas, foram revelados a qual apicultor pertencia a amostra que estava somente identificada por números. O resultado final foi:

CATEGORIA MEL ESCURO:
1º LUGAR:
Jairo Kuhn
2º LUGAR:
Jorge Antônio Signorini
3º LUGAR:
Aliomar Silveira Duarte

CATEGORIA MEL CLARO:
1º LUGAR:
Zilda da Silva Oliveira
2º LUGAR:
Manasses Müller
3º LUGAR:
Chaiane Borges Signorini

Os primeiros e segundos colocados das duas categorias concorrerão no VI Concurso Regional de Qualidade do Mel, que acontecerá em Canguçu na próxima sexta-feira (5), no Clube Harmonia, a partir das 9h com palestras, feira e outras atrações.

Também estiveram presentes as vereadoras Letícia Santos e Vivian Rickes Rosa, ambas do PSDB.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome