Prefeitura de Morro Redondo realiza Audiência Pública de prestação de contas do primeiro quadrimestre

Reunião aconteceu nesta terça-feira (28), no prédio da Câmara de Vereadores. (Foto: Diones Forlan/JTR)

Em audiência pública realizada nesta terça-feira (28), no prédio da Câmara de Vereadores de Morro Redondo, a Prefeitura apresentou o relatório de avaliação das metas fiscais referente ao 1º quadrimestre de 2024, através dos dados da equipe da secretária de Administração e Finanças, Daniela Nizolli da Silva, junto com a assessora de finanças públicas, Joseane Novack Pereira.

Nos últimos 12 meses, o percentual do Executivo em despesas com pessoal foi de 49,04% e do Legislativo de 2,51%, sendo que o limite prudencial é de 57%. O gasto total do município fechou em 51,55%.

Na área da saúde, as despesas somaram 22,49%, com o cumprimento do mínimo de 15% estabelecido pela Constituição. Foram aplicados em torno de R$ 670 mil a mais.

Quanto ao Hospital Dr. Ernesto Maurício Arndt (HOEMA), foram investidos R$ 700 mil na contratação de serviços especializados como eletrocardiograma, ultrassonografia, radiografia, psiquiatra, ginecologista, pediatria, plantões médicos, socorristas e um médico do Programa Saúde da Família (PSF). Já outros repasses para a contratação de serviços especializados na Clínica, como fisioterapeuta, fonoaudiologia, terapia ocupacional e psicologia, somaram R$ 85 mil.

Gastos com educação atingiram o montante de 25,22%, com o cumprimento do mínimo, que é de 25%, conforme estabelecido pela Constituição Federal, sendo o gasto de R$19 mil a mais. Porém, destaca-se um ganho com o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) no período girando em torno de R$ 408 mil.

No final da audiência, a secretária Daniela salientou que “os resultados apresentados permitem concluir que as metas de arrecadação e o limite de gastos estabelecidos na programação financeira foram atendidos, bem como o atendimento dos requisitos da Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Também participaram da reunião o presidente da Câmara de Vereadores, Thiarles Schneider (PT), vereadores Maico Vega (União Brasil), Leticia Santos (PSDB), Marcio Zanetti (União Brasil), Maria Augustina Ludtke (União Brasil), Vivian Rickes Rosa (PSDB) e Gilson Schwantz (Progressistas).

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome