8º Encontro da Mulher contará com diversas ações em Morro Redondo

Atividades serão realizadas ao longo do mês de março, em alusão ao dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8. (Foto: Reprodução/Freepik)

Ainda no mês de março, será realizado em Morro Redondo o 8º Encontro da Mulher, com o tema “Por mais saúde, por mais direitos, por mais respeito”.

Conforme a organização do evento, houve o entendimento de a realização do encontro neste ano seria necessária devido ao momento que estamos vivendo, com a pandemia deixando sequelas na vida das pessoas, inclusive com reflexos na saúde mental.

Dessa forma, durante o mês haverá a busca por formas de chegar até as mulheres, fazendo com que elas voltem a ter cuidados com a saúde e que possam refletir sob a importância de ter essa atenção mostrando, principalmente, o quanto são importantes nos ciclos familiares.

A expectativa é que sejam realizadas atividades que visem fortalecer o empoderamento. O encontro contará com a participação das idealizadoras, a secretária de Saúde e Assistência Social Silvia Wahast Islabão, a chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, Karin Peglow, a vice-prefeita Angelica Boettge dos Santos (PSDB) e terá o apoio de profissionais e empreendedoras voluntárias do município.

Segundo Silvia, o encontro servirá para valorizar as mulheres. Ela lembra, ainda, que neste ano, em decorrência da Covid-19, a programação está sendo montada com todos os cuidados de prevenção. “Não será um encontrão, mas semanalmente, com ações em diferentes áreas do município, aproveitando atividades que são realizadas pela Prefeitura e Emater para agregar temas voltados para mulher, como saúde mental, estética, valorização, violência e saúde da população idosa”, conta.

Para Karin, o dia da mulher é uma data de luta, afirmação e igualdade de gênero no mundo todo. “Neste mês, que possamos ter um momento a mais de união, pois temos muitas mulheres rurais, empreendedoras que estão à frente dos seus negócios de comercialização de diversos produtos e que possuem perspectiva com o cuidado com a vida não somente relacionado ao espaço da família, mas preocupação com alimento saudável, ao ambiente e das atividades produtivas”. Ela ainda ressalta que um ponto a ser observado é o tema da Organização das Nações Unidas (ONU) para as celebrações da data neste ano: “Igualdade de Gênero Para o Mundo Mais Sustentável”.

“Precisamos ter atenção a sinais de violência, seja física, moral, patrimonial, psicológica que ocorrem no dia a dia, onde possamos aproveitar estes encontros para refletir sobre estes pontos. Poder amparar e se solidarizar uma com as outras as suas dificuldades e que juntas possamos mudar a realidade, sempre com atenção para apoio e cuidado uma com as outras”, disse.

A vice-prefeita lembrou a dificuldade para a realização do encontro em decorrência da pandemia. “Observando a necessidade, que nós mulheres estamos passando por diversos problemas, é hora de nos unirmos e buscar o fortalecimento feminino para tornar a vida mais leve, porque o problema que certas mulheres enfrentam é o mesmo de outras, por isso é tão importante a participação delas nestas atividades”, destacou.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome