Prefeitura de Morro Redondo realiza Audiência Pública de prestação de contas do 2º quadrimestre de 2021

(Foto: Diones Forlan)

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (23) no prédio da Câmara de Vereadores de Morro Redondo, a prefeitura apresentou o relatório de avaliação das metas fiscais referente ao 2º quadrimestre de 2021, período de maio a agosto, através dos dados da equipe comandada pela secretária municipal de administração e finanças Daniela Nizolli da Silva, assessora de finanças Amanda Timm Rutz, também prestigiaram a audiência, prefeito Rui Brizolara DEM, vice presidente da câmara de vereadores Marcio Zanetti DEM, vereadores Thiarles Schneider PT, Maico Vega DEM, Leticia Santos PSDB, Maria Augustina Ludtke PTB, Vivian Rickes PSDB e Gilson Schwantz PP, além da presidente do conselho de educação e diretora da escola municipal de educação infantil Darci Marques Adam, Ana Freitas.

Confira principais pontos da audiência:

– Despesa com pessoal dos últimos 12 meses, percentual do executivo 45,71 % e do legislativo 2,99%, sendo que o limite prudencial é de R$57% e o gasto do município fechou em 48,70%.
– Gasto com saúde está em 20,20%, portanto observa-se o cumprimento do mínimo de 15% estabelecido na emenda constitucional, destacando-se que foram aplicados em torno de R$ 660 mil a mais.
– Gastos com educação atingiu o montante de 17,45%, sendo que o mínimo que é de 25% conforme estabelecido pela constituição federal que terá que ser cumprido no fechamento do exercício no final do ano, destaca-se um ganho com o Fundeb de janeiro até agosto em torno R$776 mil.

Quanto à dívida do estado com a saúde do município não houve alterações nos valores ficando em torno de R$558 mil. Quanto ao Hospital já foram investidos desde janeiro a agosto R$1,069 milhão na contratação de equipe Covid, serviços especializados, plantões, dentre outros.

A secretária Daniela no final da audiência salientou que, “as metas de arrecadação e os limites de gastos foram atendidos, assim como o atendimento dos requisitos da lei de responsabilidade fiscal”.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome