Jaguarão: Gabriele Aguiar se destaca como melhor rainha de bateria do município

Aos 26 anos, Gabriele Aguiar Alves planeja manter a tradição de desfilar na avenida, que começou quando tinha apenas sete meses. (Foto: Divulgação)

Com muita paixão pelo Carnaval e samba no pé, a jovem Gabriele Aguiar Alves, de 26 anos, contagiou a todos com sua alegria durante o desfile da Escola de Samba Palestina, ganhando o título de Melhor Rainha de Bateria do Carnaval de Jaguarão.

Ela possui histórico longo com a festa popular, vivendo o Carnaval desde que nasceu. “Meu pai, Paulo Henrique Alves, o Paulinho da Palestina, era presidente da Palestina e nós vivíamos isso todos os anos. Meu primeiro desfile foi com sete meses de idade, de colo em colo, de ala em ala, vestindo uma roupa de palhaça. Quando cresci, me tornei passista da escola, mas ficava encantada com as rainhas de baterias e sonhava em um dia ser uma”, conta.

Para ela, o Carnaval significa uma paixão por fazer aquilo que mais ama, nasceu e cresceu pra fazer. “Sambar pra mim não é com intuito de me exibir ou chamar atenção. Eu faço porque amo. Amo vibrar na frente da bateria, levantar aplausos. Pra mim vai além de um simples desfile. Eu espero o ano inteiro por duas noites pra fazer o que mais amo”, afirma.
Além da Escola de Samba Palestina, a jovem desfilou em 2016 pela Aguenta se Puder como rainha de bateria, quando também conquistou o título. “Amei de mais representar aquela escola e aquela comunidade, sempre fui bem tratada, bem recebida. Só não fiquei lá porque minha escola é a Palestina, mas o Aguenta tem um pedacinho do meu coração”, revela.

Ela aponta que o auge de sua trajetória foi no ano de 2017, quando foi eleita Rainha da Corte de Jaguarão. E incentivo para continuar na função não faltam. Além do seu pai, sua mãe, Rosângela Barbosa Aguiar também é uma grande incentivadora. “Ela que idealiza e faz todas as minhas fantasias. Nunca me deixou sair sem meu brilho principal”, destaca.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome