Mulher é encontrada morta em Cerrito e polícia suspeita de feminicídio

Crime ocorreu em estabelecimento na avenida Flores da Cunha. (Foto: Celestino Garcia/JTR)

Na manhã deste sábado (23) a polícia foi acionada após a proprietária de uma loja na avenida Flores da Cunha, região central de Cerrito, ser encontrada morta dentro de seu estabelecimento comercial. Clientes que entraram no local encontraram a mulher sem vida dentro do banheiro, com marcas de agressões e um objeto espetado próximo ao peito ao lado esquerdo. a vítima tinha 38 anos e deixa três filhos.

A Polícia Civil foi chamada e o Instituto Geral de Perícias (IGP) apuram as circunstâncias do crime. No ato foram recolhidas imagens de câmeras de segurança da região que serão analisadas em inquérito policial. A ocorrência foi registrada como feminicídio. É definido como um crime hediondo, tipificado nos seguintes termos: é o assassinato de uma mulher cometido por razões da condição de sexo feminino, quando o crime envolve violência doméstica e familiar e/ou menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

A polícia já trabalha com um suspeito. O corpo da vítima foi encaminhado para perícia papiloscópica e recolhimento de digitais para identificação a partir das papilas dérmicas presentes especialmente nos dedos e palmas das mãos.

A partir da papiloscopia é possível extrair impressões digitais presentes em cenas de crimes, objetos e documentos assinados.

1 comentário

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome