Médico de Canguçu é condenado em segundo processo por acusação de estupro

Vítima conduzia um Fiat Palio. (Foto: Reprodução)

Um médico ginecologista de Canguçu foi condenado em um segundo processo por estupro. Ele havia sido preso preventivamente em 17 de junho de 2021 pela Polícia Civil. Barbosa já foi condenado em um dos processos, em junho deste ano, e, agora, em mais outro. Desde a denúncia divulgada, mais de 30 mulheres procuraram a polícia para denunciar o ginecologista.

No primeiro processo, foi condenado a 16 anos, 5 meses e 23 dias. Já no segundo, realizado na última semana, a pena foi de 2 anos e 7 meses. Ainda existem outros processos aguardando julgamento. De acordo com as vítimas, ele aproveitava as consultas para cometer os crimes.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome