Legislativo de Arroio Grande: Trabalho dinâmico e voltado para a comunidade

No primeiro ano da nova legislatura, João Cezar Larrosa (PT) assumiu o desafio de ficar à frente da presidência (Foto: Divulgação)

A Câmara de Vereadores de Arroio Grande desempenha, ao longo da história local, um papel fundamental, participando através de seus representantes políticos do desenvolvimento da Cidade Simpatia.

Após o processo eleitoral em que a população escolheu os nove representantes da Casa Legislativa, a Câmara tem experimentado uma verdadeira renovação com novos nomes que passaram a figurar na política local.

Para o primeiro ano da nova legislatura, João Cezar Larrosa (PT) assumiu o desafio de ficar à frente da presidência da Casa Legislativa. Nesses primeiros meses de atuação, ele tem buscado implementar sua dinâmica de trabalho com ações que pretende executar ao longo do ano.

Larrosa, que tem sua origem política como liderança no movimento sindical, enxerga o Poder Legislativo não só como um órgão fiscalizador das ações do Executivo, como também um órgão que precisa ampliar suas ações e até mesmo propor para a Prefeitura pautas que atendam às necessidades da comunidade.

Mesmo assumindo o cargo de vereador pela primeira vez, em seus primeiros três meses de trabalho, o presidente buscou montar uma equipe que atendesse a todas as bancadas, de maneira que vem executando seu perfil de atuação, ocupando espaços e encarando os desafios.

“Assumir a presidência no meu primeiro ano como vereador foi uma surpresa. Mas quando fui escolhido, me comprometi a fazer o melhor possível”, declara Larrosa. Quanto à avaliação do trabalho até esse momento, o presidente considera muito cedo fazer qualquer tipo de balanço de sua gestão, mas aponta que sua visão do Legislativo mudou, principalmente na dinâmica de trabalho em relação à presidência do sindicato.

Diálogo como ferramenta de aproximação
Logo após se ambientar dentro da prática de trabalho, o presidente buscou estabelecer um diálogo com os membros do Executivo, propondo em sua agenda conversas com os secretários municipais e membros da administração municipal. Essa aproximação é considerada de extrema importância e quem ganha com isso é a comunidade, já que dessa forma a Câmara passa a fazer parte das principais decisões que envolvem o município.

Ao avaliar a proximidade com a Prefeitura nestes primeiros meses, Larrosa avalia como satisfatória, afirmando que as demandas têm sido atendidas da melhor forma possível e acredita que isso renda bons frutos para a comunidade.

Um dos grandes desafios, que é comum a todos os vereadores, é exercer a prática legislativa em meio à pandemia. “O meu desejo era estar recebendo a população na Câmara e não estar sentindo a dor de perder membros da nossa comunidade”, ressalta o vereador, nesse momento que considera caótico.

Mesmo com as dificuldades enfrentadas no início de trabalho, em três meses a presidência da Casa já colocou em prática algumas mudanças, como o horário das reuniões, passando das 9h para 18h. Essa mudança é considerada significativa, já que o objetivo é alcançar um público maior, que normalmente não conseguia acompanhar os trabalhos das sessões durante a manhã, principalmente os trabalhadores.

A estrutura física da Câmara também foi algo que necessitou de mudanças, o que na opinião do presidente se faz necessário para prestar um melhor atendimento ao público. Para o decorrer dos próximos meses, a presidência pretende implementar mais mudanças referentes ao prédio.

Mesmo com a renovação política, os vereadores têm buscado estabelecer um mandato compartilhado, deixando de lado às siglas partidárias, sendo comum a discussão entre os representantes de cada partido as soluções para os problemas e os projetos que chegam à Câmara de Vereadores.

Pautas como inclusão social, dando uma atenção especial para as comunidades carentes e projetos de habitação têm movido as principais ações do gabinete do presidente da Câmara.

Dentro dos 148 anos de Arroio Grande, Larrosa lembra que o município possui um grande potencial para se desenvolver. Ressalta a importância dos setores que ajudam na economia local e reforça a importância de políticas públicas que incentivem investimentos para a geração de novos postos de trabalho e, por consequência, atrair novos investimentos para a comunidade.

Composição da Câmara de Vereadores:
João Cezar Larrosa (PT)
Airton Cleo Barbosa da Costa (PDT)
Antônio Carlos Guillamelau Campelo (PDT)
Plínio Vizeu Pereira Neto (PDT)
Alexandre Cardozo da Silva (Progressistas)
Joaquim Vandré Brasil Vieira (Progressistas)
José Guilherme Machado Müller (Progressistas)
Iderli Garcia (Progressistas)
Lizandro Araújo de Carvalho (PSDB)

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome