Medidas buscam combater a propagação do coronavírus em São Lourenço do Sul

Entre as medidas está a suspensão das aulas, decisão tomada em conjunto pelo prefeito, secretários municipais e diretores de escolas (Foto: Divulgação)

São Lourenço do Sul tem adotado uma série de medidas para combater a propagação do coronavírus, o que já altera a rotina de grande parte da população. Há um caso suspeito do Covid-19 na cidade anunciado na última terça-feira (17) e que está sob investigação.
Na semana passada, foi realizada reunião que definiu o Plano de Contingência do coronavírus, com a equipe da Secretaria de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Santa Casa de Misericórdia, Centro de Saúde São João da Reserva e representantes da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS). Durante a reunião foi repassada uma série de procedimentos para atendimento a possíveis pacientes.

“Brasil, estados e municípios tiveram tempo para se preparar antes da chegada do vírus, o que não aconteceu em outros países. Medidas preventivas precisam ser tomadas, o que outros países não fizeram”, destacou a secretária de Saúde Jaqueline Bergmann, completando: “Precisamos nos unir nos cuidados coletivos”.

Na segunda-feira (16), foram anunciadas as primeiras medidas da Prefeitura, como a suspensão do 34º Reponte da Canção que ocorreria em abril. Em conjunto com diretores de escolas e secretários municipais, o prefeito Rudinei Härter (PDT) anunciou também a suspensão das aulas na rede municipal. A medida iniciou na quinta-feira (19), com previsão de retorno em 13 de abril, caso a situação esteja estabilizada. A rede estadual iniciou a suspensão no mesmo dia e muitas escolas particulares tomaram a mesma decisão, assim como as três universidades da cidade. No mesmo dia, decreto municipal definiu rotinas de trabalho para os funcionários públicos neste momento.

O Executivo trabalha também com um comitê de prevenção e combate ao coronavírus que reúne secretários e representantes de instituições de saúde. Este grupo passa a avaliar permanentemente o cenário, definindo as medidas necessárias conforme a situação. Foram também anunciadas medidas que alteram a rotina em várias repartições municipais, entre elas, a disponibilização de álcool gel nas repartições, assim como junto aos relógios ponto dos funcionários que tem cartazes de orientação. Haverá também reforço de higienização nos espaços públicos.

Nas áreas de atendimento, as cadeiras foram afastadas para evitar a proximidade entre as pessoas. A Quinta Cidadã, em que o prefeito atende o público, está temporariamente suspensa para evitar aglomeração de pessoas e a recomendação é para que se busque pelos serviços do Município pelo portal da Internet e por telefone, evitando ir aos prédios da Prefeitura. A Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação suspendeu atendimentos coletivos no Cras e no Creas. Nas unidades básicas de saúde (UBSs), foram suspensos os encontros dos grupos de hipertensos, cardiopatas e gestantes, por exemplo. Estão suspensas também as férias e gozo de licença prêmio dos servidores da Saúde. O Museu e a Biblioteca Municipal também estão sem receber o público, apenas com expediente interno.

O prefeito tranquiliza comunidade, destacando que não há motivo para pânico, mas que as medidas preventivas devem ser adotadas. “Nós estamos preocupados, por isso, repassar todas as informações e tomar as medidas corretas é importante. Mas não há motivo para pânico”, ponderou o prefeito.

Várias instituições também adotam medidas no mesmo esforço, como as religiosas que estão suspendendo todos os tipos de encontros e celebrações. A Polícia Civil está orientando a população a fazer ocorrências pela Internet e há alteração de horários de ônibus na rodoviária. A Santa Casa de Misericórdia suspendeu a visita aos pacientes que podem ter apenas um acompanhante. A publicação foi acompanhada de uma série de recomendações, como não ir ao hospital em caso de sintomas gripais e, sim, as unidades de saúde. Já o Centro de Saúde São João da Reserva reduziu o número de visitantes por paciente internado.

A Câmara de Vereadores está realizando sessões sem público em plenário e adotou expediente interno, sem receber a população. O Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Sonnenschein que tem mais de 220 dançarinos entre três e 80 anos, divididos em nove categorias, também anunciou a interrupção das atividades, inclusive as apresentações agendadas. O Município está recomendando ainda, que os organizadores suspendam seus eventos para evitar a aglomeração de pessoas.

Atendimento a pessoas com sintomas
Foi definido que as coletas dos casos suspeitos serão realizadas em domicílio pela equipe da Vigilância Epidemiológica do Município. Portanto, pacientes com febre, tosse, gripe, dificuldade de respirar e fadiga, devem contatar a Vigilância antes de procurar as Unidades Básicas de Saúde. Se necessário, será recomendado o isolamento domiciliar e a coleta de material será no domicílio do paciente. Também já foram definidos os leitos de isolamento na Santa Casa e Centro de Saúde São João da Reserva, caso o Município tenha casos graves.

Casos suspeitos
A Prefeitura informou que a Secretaria de Saúde, recebeu na terça-feira (17), as duas primeiras notificações de casos suspeitos de coronavírus no município. Trata-se de pessoa do sexo feminino com 42 anos, que viajou para Sergipe e possivelmente teve contato com estrangeiros. Ela apresentou sintomas de febre, tosse e dor de cabeça. Outro caso é de um homem de 62 anos que retornou de São Paulo e apresentou sintomas de tosse, dor de garganta e coriza.

Ambos fizeram contato com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, onde receberam orientações. Passaram por avaliação médica que indicou a necessidade de coleta de material para exames, o que foi feito em seus domicílios já em isolamento. Ambos seguem em isolamento domiciliar, recebendo cuidados e acompanhamento médico, sem sintomas graves.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome