Prefeito de São Lourenço do Sul busca auxílio para amenizar efeitos da estiagem 

O prefeito Rudinei Harter e a secretária de Desenvolvimento Social e Habitação, Janaína Menezes, buscam soluções para a crise da estiagem. Foto: Divulgação

O prefeito Rudinei Härter e a secretária de Desenvolvimento Social e Habitação, Janaína Menezes, coordenadora local da Defesa Civil, estiveram em Porto Alegre na quinta-feira (26), buscando auxílio para ações que amenizem os efeitos da estiagem que já começa a causar problemas em São Lourenço do Sul, com previsão de um cenário mais severo para os próximos meses.

Na Corsan, a reunião foi com o diretor de Operações, André Beltrão Finamor, onde o prefeito tratou de um levante provisório na barragem para aumentar o acúmulo de água em 11 milhões de litros. O prefeito solicitou ainda a dragagem da barragem, um compromisso assumido pela Corsan há pelo menos quatro anos. Finamor explicou que a Corsan está realizando um processo licitatório para a dragagem de várias barragens, inclusive a de São Lourenço. Sobre a construção de uma nova caixa d’água para abastecer Barrinha, Navegantes e Balneário, Finamor respondeu que a Corsan também está licitando a construção de novos reservatórios, incluindo este.

Rudinei também conversou com o diretor sobre a gestão compartilhada entre Município e Corsan que tem uma prestação de contas da gestão municipal passada pendente. A busca é por uma solução a este problema que tem impedido que o Município receba os recursos retidos para saneamento. Na pauta do encontro foi ainda discutida a aquisição de um caminhão tanque para o Município.

Outra reunião foi realizada no Palácio Piratini com o chefe da Casa Militar e coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Júlio Cesar Rocha Lopes, que colocou o Estado a disposição para auxiliar o Município no combate aos efeitos da estiagem. Uma das pautas foi decreto de emergência, necessário para que os municípios possam receber auxílio. Rocha explicou que o Estado reduziu de 20 para 10 dias o prazo para reconhecimento da situação de emergência dos municípios gaúchos. O prefeito e a secretária solicitaram apoio do Estado com Viniliq Pipa (reservatórios móveis de água) e caixas d’água para famílias necessitadas na zona rural. Para as duas solicitações, Rocha explicou que o Estado realizará licitações para atender as necessidades dos Municípios. Foi tratado ainda do trabalho de abertura de açudes e bebedouros na zona rural do Município.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome