São Lourenço do Sul: Grupo voluntário Corrente do Bem comemora um ano de atividades

Grupo auxilia a comunidade de diversas formas, como a distribuição de refeições (Foto: Divulgação)

A pandemia de Covid-19 transformou o cotidiano de todos. As contaminações, as paralisações e, principalmente, o medo e a incerteza fizeram com que muitas coisas se transformassem. A grande maioria teve que parar com suas atividades e, assim, conseguiu enxergar situações que no dia a dia não eram vistas.

Neste mês completou um ano de enfrentamento ao coronavírus, e desde o começo conviver com esta situação têm sido um desafio. Logo no começo todos os estabelecimentos de beira de estrada também suspenderam suas atividades, com isso os caminhoneiros que não pararam durante a pandemia ficaram sem local para almoçar. No dia 17 de março de 2020, três amigos se encontraram e conversaram sobre esta situação que os caminhoneiros estavam passando, e foi nessa conversa informal que surgiu a ideia de distribuir almoços a eles na BR-116. Eles contataram outros que se dispuseram a ajudar, tendo também estabelecimentos que doaram alimentos. Assim nasceu o grupo voluntário Corrente do Bem. No ano passado, foram realizados três almoços, com o total de 416 refeições distribuídas.

Depois disso o grupo passou a ajudar a comunidade. Foram preparados e vendidos 1.784 pratos de caldo e o valor arrecadado doado para pessoas em tratamento contra o câncer. Ainda, outros caldos foram realizados para a compra de cadeira de rodas, cama hospitalar, andador, botas ortopédicas e muletas para empréstimo. Hoje, cerca de 98 pessoas já usaram estes e outros aparelhos ortopédicos disponibilizados.

No Natal, a ação do grupo beneficiou as crianças do meio rural. A campanha voluntária incentivou a doação de brinquedos que puderam ser deixados em caixas espalhadas em estabelecimentos. Após, foram recolhidos, embalados e entregues antes do Natal por voluntários trajados de papai noel para além de entregar um presente, também levar a magia do Natal.

O líder do grupo voluntário, Oscar Krüger, agradece a comunidade lourenciana pela ajuda e doações dadas ao grupo. “Agradeço a imprensa e toda comunidade que nos doou os alimentos para os almoços e caldos, bem como a comunidade Católica Matriz e Evangélica Três de Maio pela cedência de seus espaços para a realização dos caldos”, disse.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome