CCJ aprova dois projetos de Zé Nunes

Os bailes com bandas típicas são o ponto alto da festa, que inclui também desfile de rua, jogos típicos, apresentação de danças e café colonial (Foto: Divulgação)

Dois projetos de autoria do deputado Zé Nunes foram aprovados pela Comissão de Constituição e Justiça na manhã desta terça-feira (09). O Projeto de Lei 545/2019 declara como de relevante interesse cultural do RS e inclui no Calendário Oficial de Eventos a Festa da Nossa Senhora Czestochowa, de Dom Feliciano. O mesmo foi aprovado por unanimidade com parecer favorável de Luiz Henrique Viana.

Já, o Projeto de Lei 547/2019 declara como de relevante interesse cultural e inclui no Calendário Oficial de Eventos a Südoktoberfest, realizada no Município de São Lourenço do Sul. Também com parecer favorável do deputado Viana e aprovado por unanimidade.

A Südoktoberfest
Tradicional festa germânica de São Lourenço do Sul, a Südoktoberfest foi reconhecida como um evento de relevante interesse cultural e incluída na terçafeira (9) no calendário oficial de eventos do Rio Grande do Sul. A inserção ocorreu após aprovação do Projeto de Lei 547/2019, de autoria do deputado estadual Zé Nunes, pela Comissão de Constituição e Justiça, na Assembleia Legislativa.

O projeto recebeu parecer favorável do então deputado Luiz Henrique Viana e foi aprovado por unanimidade, reconhecendo a importância de preservar a cultura germânica no estado. “A Südoktoberfest é uma festa germânica que mantém a cultura e as tradições dos alemães e pomeranos que chegaram como imigrantes no Brasil a partir de 18 de janeiro de 1858”, explicou Nunes.

A Südoktoberfest foi idealizada pelo Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Sonnenschein em 1988, com o objetivo de ampliar a preservação da cultura alemã/pomerana, feita até então através da dança. Conhecida como Festa de Outubro no Sul, o evento já teve 32 edições, e não foi realizado no ano passado devido à pandemia.

Para a presidente do Grupo Sonnenschein, Edna Bosenbecker, ter a possibilidade de a  Südoktoberfest ser inserida oficialmente no calendário estadual de eventos é muito importante. “É mais um grande passo que o grupo dá em direção ao seu objetivo: a preservação e a divulgação das culturas alemã e pomerana. Entendemos e valorizamos cada gesto feito, desde o começo da nossa história, até os dias de hoje, e ter a nossa festa no calendário do estado garante, para nós, para o nosso evento e para o nosso município um futuro promissor”, completou.

A Südoktoberfest também quer ser reconhecida mundialmente. Em 2018, o evento promoveu a Maior Polonaise do Mundo, com 804 pessoas dançando juntas. O feito aguarda a validação que está sob análise do Word Guinnes Records.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome