Municípios recebem R$ 34,6 milhões para qualificar atenção primária em saúde

A campanha Março Azul tem o objetivo de conscientizar sobre a importância do diagnóstico, tratamento e prevenção do câncer colorretal, o terceiro mais frequente na população brasileira. (Foto: Freepik)

O governo do Estado realizou, na última quinta-feira (28), o pagamento de R$ 34,6 milhões em incentivos para os municípios que fazem parte da Rede Bem Cuidar (RBC/RS). O objetivo é incrementar e fortalecer os serviços de saúde oferecidos na atenção primária no Rio Grande do Sul.

As portarias prevendo o envio dos recursos já haviam sido assinadas pela secretária da Saúde, Arita Bergmann, no dia 22 de dezembro. Conforme os documentos, o recurso está dividido em três áreas para fortalecimento da atenção primária nos municípios:

Portaria nº 1097: R$ 6 milhões de incentivo para qualificação das 368 unidades premiadas com selo UBS Amigas do Idoso (165 com Selo Ouro, R$ 20 mil para cada; 126 com Selo Prata, R$ 15 mil para cada; 77 com Selo Bronze, R$ 10 mil para cada).

Portaria nº 1098: R$ 24,7 milhões aos 494 municípios do Estado integrantes da Rede Bem Cuidar para a aquisição de equipamentos ou mobiliários necessários à implementação de ações e serviços no âmbito da Atenção Primária à Saúde, com ênfase no cuidado materno-paterno-infantil.

Portaria nº 1099: R$ 3,9 milhões para fomentar a ampliação da testagem de HIV, sífilis e hepatites para todos 497 municípios do Estado (R$ 1,69 milhão para 65 prioritários e R$ 2,16 milhões para os 432 demais).

Com o incremento, a ênfase da atenção da rede, a partir de 2024, estará voltada, além da saúde do idoso, também para o cuidado materno-paterno-infantil, buscando a redução da mortalidade infantil e materna. Outra parte do recurso se destina para a ampliação da testagem de HIV, sífilis e hepatites.

Rede Bem Cuidar

A Rede Bem Cuidar tem por objetivo qualificar o atendimento das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) no Rio Grande do Sul, além de ampliar o acesso à rede de saúde, incentivando a melhoria e o fortalecimento dos serviços de atenção primária oferecidos à população do Estado. O processo do cuidado se dá de forma dialogada com as comunidades atendidas pelas equipes de cada município.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome