Hospital de Porto Alegre aluga contêiner para colocar corpos

Contêiner que comporta até três corpos já está disponível no Hospital Moinhos de Vento, na Capital Gaúcha. Foto: (Divulgação/Hospital Moinhos de Vento).

Com informações do G1

O Hospital Moinhos de Vento alugou contêiner que comporta até três corpos.

Devido à pandemia, ontem (3) a instituição disse ter 130% de lotação de UTIs, com 86 pacientes internados em 66 leitos disponíveis. O Estado chegou ao quinto dia de superlotação dos leitos intensivos, com 100,3%.

Na Capital Gaúcha, o Moinhos é o maior hospital da rede privada.

De acordo com a instituição, a instalação é uma medida preventiva. A estrutura será utilizada em caso de atraso na retirada dos cadáveres por parte das funerárias.

Conforme o site G1, o superintendente médico Luiz Antônio Nasi falou sobre a situação à Globonews.

“A nossa lista do morgue, ontem [segunda], ultrapassou a capacidade de acomodar as pessoas que faleceram dentro do hospital. Estamos contratando um contêiner para poder colocar as vítimas”, relatou Nasi.

A medida faz parte da expansão programada na estrutura do morgue, o necrotério. O hospital observa que a superlotação dos morgues vem acontecendo em outras cidades do país e do mundo.

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome