Governo do Estado quitará salários dos servidores após 57 meses

Anúncio foi feito em transmissão ao vivo pela internet no início da tarde desta sexta-feira (27). Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite anunciou no início da tarde de hoje (27) que na próxima segunda-feira (30), o Tesouro do Estado depositará integralmente o salário do servidor público. O pagamento acontece depois de 57 meses de parcelamentos e atrasos, que segundo o chefe de Estado, acontecia devido à desajustes nas contas.

“Fizemos um grande esforço ao longo desses 1 ano e 10 meses de governo, com reformas profundas, medidas antipáticas, para que pudéssemos reduzir despesas, contingenciamos custeios do estado. Fizemos profundas reformas para dentro da máquina, na previdência, e estamos viabilizando, com este grande esforço, essa notícia tão importante”, afirmou Leite.

O anúncio foi feito por meio de transmissão nas redes sociais e contou com a presença do secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, que destacou que esse avanço não prejudica outros setores e nem atrasa outros serviços. “Esse caminhar de maneira sustentável respeita o cidadão e o servidor”, completou.

De acordo com o governador, outras contas foram colocadas em dia, como os repasses a hospitais e municípios, assim como o pagamento de fornecedores. “Fomos regularizando as contas do Estado e chegamos ao pagamento dos servidores”, disse.

Leite ainda afirmou que a Assembleia Legislativa teve papel fundamental nesse processo, já que as reformas aprovadas no final de 2019 e início de 2020 foram de grande contribuição.

Entretanto, ele lembrou dos problemas que ainda existem no governo e sobre a expectativa para 2021. “Ainda vivemos um cenário de incerteza devido o impacto que a pandemia tem sobre a economia, qual será a arrecadação do estado no próximo ano, reforma tributária, mas é uma notícia que precisa ser dividida”, ressaltou.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome