Guiné declara novo surto de ebola

Foto: microbiologist Cynthia Goldsmith

No domingo (14), foi declarado em Guiné um novo surto de ebola, após pelo menos três mortes e quatro pessoas doentes no sudeste do país. As informações são da agência Reuters.

Os sete pacientes manifestaram sintomas como diarreia, vômitos e sangramentos após participarem de um velório na subprefeitura de Goueke. Os que não padeceram da doença foram isolados em centros de tratamento.

No dia 1º de fevereiro, uma enfermeira que trabalhava num centro de saúde foi velada. Ela contraiu uma doença não especificada. A paciente chegou a ser transferida para tratamento em Nzerekore, cidade próxima da fronteira com a Libéria e a Costa do Marfim.

“Diante desta situação e de acordo com os regulamentos internacionais de saúde, o governo da Guiné declara uma epidemia de ebola”, disse o ministro da Saúde, Remy Lamah, por meio de comunicado.

Esta é a primeira vez que a doença reaparece desde o pior surto de ebola no mundo, entre 2013 e 2016.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome