Conab vai adquirir em leilão mais cestas de alimentos destinadas a comunidades indígenas

A operação é destinada ao atendimento dos povos indígenas Yanomamis, localizados nos estados de Roraima e do Amazonas. (Foto: Janderson Maués/Conab/Ilustrativa)

Na quinta-feira (27), a partir das 9h, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) executa mais dois leilões eletrônicos para adquirir um total de 55.470 cestas de alimentos. A operação é destinada ao atendimento dos povos indígenas Yanomamis, localizados nos estados de Roraima e do Amazonas, como continuidade das ações de abastecimento regular aos grupos que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Os recursos para esta operação estão assegurados por meio do Plano de Trabalho Nº 06/2024, firmado entre a Conab e o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS). O quantitativo de cestas inicialmente previsto integra uma demanda total de 162.876 cestas para distribuição ao longo de doze etapas, com o apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai).

O primeiro leilão prevê a aquisição de 30.180 unidades, que deverão ser entregues no município de Boa Vista/RR e, com logística organizada pela Funai, também no Polo Base de Surucucu, na parte roraimense do Território Yanomami. Já na segunda ação, o volume de 25.290 unidades deverá beneficiar as comunidades do Polo Base de Auaris, também em Roraima, com 9.530 cestas de alimentos, e do Amazonas, com 15.760. Nessas duas operações, a previsão é de entregas regulares, realizadas em etapas, até novembro de 2024.

Os locais de recebimento das cestas são as Unidades Armazenadoras da Conab em Boa Vista/RR e Manaus/AM. Os preços máximos de aceitação para fechamento das compras já se encontram disponíveis no site da Conab, cumprindo a regra de publicação com antecedência de, no mínimo, dois dias úteis anteriores à data dos leilões. Para participar da operação, os interessados deverão estar cadastrados perante uma Bolsa de Mercadorias, estar em situação regular no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf) e registrados no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais e demais agentes (Sican) da Conab, além de outras exigências previstas nos editais.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome