Com gol de Borja, Grêmio vence a Chapecoense na Arena

Grêmio conquistou a segunda vitória no campeonato. (Foto: Márcio Cunha/ACF)

Em duelo dos últimos colocados do campeonato brasileiro, o Grêmio venceu a Chapecoense de virada pela 15ª rodada, sob muita chuva e em jogo marcado por participações do VAR, e conquistou a segunda vitória no Brasileirão.

No primeiro tempo, a Chapecoense saiu na frente do placar logo aos 4 minutos, em cruzamento rasteiro na área feito por Busanello. Geromel não conseguiu cortar e Anselmo Ramon completou para a rede. Pouco depois, aos 7, quase saiu o segundo em chute de longe de Geuvânio, que acertou a trave. No rebote, Anselmo Ramon chutou e Gabriel Chapecó conseguiu fazer a defesa.

O empate veio aos 17 minutos, em belo chute de Alisson, que acertou o canto direito do goleiro João Paulo. Na estreia, Borja sofreu o pênalti e converteu aos 31 minutos, marcando o primeiro gol com a camisa tricolor e virando o placar.

No segundo tempo, o Grêmio manteve o controle do jogo e criou chances para ampliar o placar. A Chapecoense tentou sair no contra-ataque, mas não obteve sucesso. O VAR também teve participação, corrigindo um pênalti para o Grêmio, que havia sido marcado pelo juiz, logo aos 4 minutos. A indicação foi que a falta foi fora da área.

Aos 11, um possível toque de mão de Geromel dentro da área gremista foi revisado, mas nada foi marcado. Aos 25, novamente o árbitro de vídeo entrou em ação, desta vez para checar um possível cartão vermelho para o volante Moisés, da Chapecoense, que escorregou e atingiu Lucas Silva. A falta foi marcada e não houve aplicação de cartão. Na parte final do jogo, o Grêmio manteve a posse de bola e não correu riscos.

Com a segunda vitória no campeonato, o Grêmio chegou aos 10 pontos, mas se mantém na 19ª colocação. A Chapecoense permanece na lanterna, com 4 pontos e sem vitórias. A próxima partida do tricolor gaúcho será contra o São Paulo no sábado (14), às 21h, no Morumbi. A Chapecoense enfrenta o América-MG, na Arena Condá, na próxima segunda (16), às 20h.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome