CBF anuncia o adiamento do Brasileirão em prol dos times gaúchos

(Foto: Divulgação)

As enchentes que têm afetado o Rio Grande do Sul, desde o dia 29 de abril, também geraram impactos em todo o Brasil. No futebol, os estádios dos clubes gaúchos Internacional e Grêmio foram inundados, assim como alguns membros das equipes tiveram as próprias casas atingidas. Na quarta-feira (15) a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se pronunciou em forma de solidariedade a todos os times gaúchos e anunciou a suspensão do Brasileirão Betano até o dia 27 de maio. Portando, as rodadas 7 e 8 do Brasileirão estão adiadas e as demais competições seguem sem alteração na programação.

Essa decisão foi tomada a partir de uma consulta feita com os vinte clubes que participam do Brasileirão e também para acatar o pedido de quinze equipes que solicitaram a suspensão. Além disso, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) já havia encaminhado o esse pedido dos clubes filiados.

No dia 27 de maio, será mantida uma reunião do Conselho Técnico Extraordinária do Brasileirão Betano. O objetivo será debater os aspectos técnicos das competições e a situação de registro e transferência de atletas, questões jurídicas para os acessos para competições internacionais e questões de direitos de transmissão e patrocínios

Os clubes que pediram a suspensão da competição:
(1) Atlético Clube Goianiense;
(2) Atlético Mineiro SAF;
(3) Club Athletico Paranaense;
(4)Criciúma Esporte Clube;
(5) Cruzeiro Esporte Clube SAF;
(6) Cuiabá Esporte Clube SAF;
(7) Esporte Clube Bahia SAF;
(8) Esporte Clube Juventude;

(9) Esporte Clube Vitória;
(10) Fluminense Football Club;
(11) Fortaleza Esporte Clube;
(12) Grêmio Football Porto Alegrense;
(13) SAF Botafogo;
(14) Sport ClubInternacional;
(15) Vasco da Gama SAF.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome