Justiça suspende aulas presenciais em escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul

Foto: Getty Images

No domingo (28), a juíza Rada Maria Metzger Kepes Zaman, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, suspendeu a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul. A decisão valerá enquanto estiver em vigor a bandeira preta, no decreto de Distanciamento Controlado por conta da pandemia.

No sistema do Estado, as aulas de educação infantil e dos 1º e 2º anos do ensino fundamental poderiam ocorrer em modo presencial mesmo com o risco altíssimo de disseminação do coronavírus.

O processo foi movido pelo CPERS Sindicato, que representa os professores da rede pública estadual, e pela Associação Mães e Pais pela Democracia contra o governo estadual.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome