Petrobras aumenta os preços da gasolina, diesel e gás de cozinha para as refinarias

(Foto: Whashington Alves/Petrobras)

Desde dezembro o valor da gasolina já subiu 22% para as refinarias. O diesel também subiu de forma elevada, 10,9%. 

A Petrobras anunciou hoje (8) que a partir da meia noite de terça-feira (9) haverá aumento nos três principais combustíveis vendidos pela estatal. Em nota, a empresa informou que a gasolina, o óleo diesel e o gás de cozinha sofrerão aumentos expressivos para as refinarias.

A gasolina deve aumentar cerca de R$ 0,17 o litro, levando o preço para R$ 2,25 nas refinarias, um aumento de mais de 8%. Enquanto o Diesel terá um aumento de R$ 0,13, um significado de R$ 2,24 por litro, que equivale a 6,2% de alta. Já o gás de cozinha, utilizado na maioria das casas brasileiras, terá um reajuste de 5,1%, para as refinarias. O acréscimo de R$ 0,14 por quilo, deixará o valor em R$ 2,77.

Esse é o primeiro aumento após uma reunião realizada entre o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, e o presidente Jair Bolsonaro, na última sexta-feira (5). Ainda nesse dia, a Petrobras informou que a verificação dos preços domésticos para o mercado internacional não será mais trimestral, mas anual. A decisão já está valendo desde junho de 2020 e apenas foi confirmada externamente em janeiro deste ano.

Na nota, a empresa também esclareceu que, “os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor, são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis”.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome