Trombose venosa profunda – é possível prevenir!

Dra. Camila Kill - Cirurgiã Vascular (Especialista em varizes)

O dia 13 de outubro de 2021 foi o Dia Mundial de Conscientização sobre a trombose venosa profunda. Eu sei que existem pessoas que se assustam apenas de ler a palavra trombose, porém este pavor não deve fechar nossos olhos para esta doença tão importante e cada vez mais falada nos dias atuais.

A trombose venosa, por definição, é a obstrução aguda da passagem de sangue através de uma veia por um coágulo. Pode acontecer em veias superficiais, como, por exemplo, após receber uma medicação venosa no antebraço, ou em veias profundas dos membros inferiores e pelve. Para que a trombose ocorra são necessárias condições relacionadas ao indivíduo e ao ambiente.

Existem fatores de risco bem estabelecidos para ocorrência de trombose. Dentre eles os principais: distúrbios genéticos da coagulação, uso de alguns tipos de anticoncepcionais, tabagismo, cirurgias de grande porte, câncer, imobilidade prolongada… entre outros.

tualmente muito se falou sobre a trombose venosa profunda relacionada à vacina da AstraZeneca® para o vírus da COVID-19. Sabe-se que o risco de trombose relacionada à vacina é muito inferior a quaisquer fatores de risco que citei acima e não justifica a recusa à vacina ou à escolha de outra “marca”.

Dentre todas essas informações, o que fazer? Como evitar? Bom, alguns dos fatores de risco por mim citados podem ser controlados, como evitar o abuso de cigarro e a escolha de um anticoncepcional mais adequado juntamente com o ginecologista.

Quando uma pessoa irá ser submetida a procedimento cirúrgico ou internação hospitalar por qualquer causa, protocolos são preenchidos para avaliar o risco de trombose e assim aplicar as devidas prevenções, que podem ser: evitar a imobilidade e andar sempre que possível e permitido, usar meias elásticas anti-trombo, quando necessário, injeções de anticoagulante subcutâneo.

Diante de tantas informações na mídia, redes sociais e até esta coluna, o que recomendo sempre para qualquer pessoa: procure um médico vascular. Tire suas dúvidas! A trombose é passível de prevenção e pode ter complicações graves e muitas vezes fatais. Se ame! Se cuide!

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome