Relevância cultural e turística da Ponte do Costa em Piratini é reconhecida pela ALRS

Iniciada em janeiro de 2018, a obra da nova ponte foi concluída em março de 2020. Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou na quarta-feira (30), em sessão extraordinária virtual, o projeto de lei que reconhece o relevante interesse cultural e turístico da Ponte do Costa, localizada na ERS-702, em Piratini. A proposição de autoria do deputado Fernando Marroni (PT) recebeu 49 votos favoráveis e nenhum voto contrário e agora vai para a sanção do governador Eduardo Leite.

Iniciada em janeiro de 2018, a obra da nova ponte foi concluída em março de 2020 com recurso de R$ 7,1 milhões proveniente da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). A estrutura, que possui 159 metros de extensão e 11,6 metros de largura, é o principal acesso ao município e liga Piratini à BR 293. A travessia foi inicialmente construída nos anos de 1950, só permitia o tráfego de um veículo por vez e estava frequentemente interditada para reparos.

Segundo Marroni, a Ponte do Costa é um valioso patrimônio cultural, tradicional e histórico de Piratini que deve ser preservada para as futuras gerações. “Gravá-la como de relevante interesse cultural poderá facilitar ao Executivo a captação de recursos para a manutenção desse patrimônio da região Sul em favor de Piratini”, ressaltou o parlamentar.

Prefeito de Piratini, Vitor Ivan Gonçalves Rodrigues (PDT) lembra que a obra na ponte era demanda antiga do município. “Foi uma luta de todos os segmentos de Piratini, conquistada com muito esforço e que criou novas condições de acessibilidade e desenvolvimento econômico para nós”, disse. “O projeto do deputado nos dá sustentação para buscar recursos e manter viva a memória da Ponte do Costa. É um primeiro passo para que outras iniciativas venham para esse monumento de valor histórico inestimável”, concluiu o prefeito.

Histórico 

Nas comemorações do centenário da Revolução Farroupilha, em 1935, inaugurou-se um busto de Bento Gonçalves no interior da Prefeitura Municipal; um obelisco na Praça das Alegrias, e uma ponte metálica sobre o Rio Piratini, no local denominado Passo do Costa, por onde hoje passa a ERS-702. As ferragens que sustentavam a Ponte do Costa foram importadas dos Estados Unidos e França através do Porto de Rio Grande e transportados de trem até a estação de Pedro Osório. Dali, chegaram em carretas, carroças e alguns poucos caminhões da época para a construção da travessia.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome