Piratini: Auri decide ficar na oposição e vence eleição para a presidência da Câmara

José Auri , do PT, venceu Jimmy Carter do MDB. (Foto: Nael Rosa/JTR)

O petista José Auri Soares foi eleito para a presidência da Câmara de Vereadores de Piratini para o ano de 2022.

Por cinco votos a favor da chapa 1, contra quatro obtidos pela chapa 2, ele venceu o emedebista Jimmy Carter e terá como vice a vereadora Lúcia Corral, do PDT, o que, conforme o novo presidente, é um fato histórico.

“Pela primeira vez teremos uma mulher na composição da Mesa Diretora e isso é algo que devemos destacar”, disse o parlamentar.

Quanto às suas intenções para o mandato que começa em janeiro, Soares disse que pretende criar um fundo que permita a compra de um prédio próprio para o Legislativo, mas as inovações vão além.

“Pretendemos também comprar um veículo para a Câmara, o que nos levará a abrir concurso para motorista”, revelou.

O novo gestor da Casa também comentou o assédio por parte da bancada de situação (MDB) para que ele deixasse a oposição e passasse a votar a favor do governo. Segundo Soares, a proposta foi avaliada pelo grupo político que o cerca, mas acabou sendo rejeitada.

“Levei o que o MDB me propôs para esta fosse discutido por um grupo de 25 pessoas que trabalharam comigo na última eleição e estes decidiram, dado ao perfil do PT, que eu deveria  continuar na oposição”, concluiu o vereador que substituirá Manoel Rodrigues, do Progressistas, que ocupou a presidência nos últimos dois anos.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome