Piratinense diagnosticada com esclerose faz campanha para arrecadar R$ 10 mil

Jusselaine já apresenta os primeiros sintomas da doença-. (Foto: Reprodução/Facebook)

A piratinense Jusselaine Gomes, de 32 anos, está em campanha nas redes sociais para arrecadar R$10 mil, valor do medicamento para tratar esclerose múltipla, doença a qual recentemente foi diagnosticada, mas que se tratada permite uma vida próximo da normalidade.

Conforme ela, que é do lar, o remédio é fornecido pelo governo, mas os trâmites burocráticos podem levar à demora na chegada medicamento, daí a mobilização para tentar conseguir comprar ao menos um caixa e, com isso, poder começar imediatamente o tratamento. “Quanto antes eu começar a tomar os comprimidos melhor, pois eu já estou com alguns dos sintomas. Mas como é um medicamento muito caro, espero poder contar com a ajuda das pessoas para poder começar a me tratar o mais rápido possível”, disse Jusselaine.

A patologia não tem cura e requer o uso contínuo de comprimidos para aliviar os sintomas como fadiga intensa, depressão, fraqueza muscular, alteração do equilíbrio da coordenação motora, dores articulares, disfunção intestinal e da bexiga.

Para ajudar Jusselaine, a família disponibilizou uma conta no Banrisul de Piratini. Também é possível doar via Pix.

Agência 0775, conta 35074550.0-6

Titular: João Luiz de Medeiros Marques

Pix: CPF 771368370-49

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome