Piratini: Gerência do Banrisul não comparece à Câmara e vereador envia nota de repúdio

Manoel Rodrigues disse que a postura da gerência é lamentável. (Foto: Nael Rosa/JTR)

Alegando insegurança devido à Covid-19, a gerência do Banrisul, agência Piratini, não enviou representante para a reunião ordinária da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (10).

O convite foi feito pelo vereador Manoel Rodrigues, presidente da Casa, para que o gestor convidado pudesse responder as questões relacionadas aos problemas de atendimento que tem sido frequentes e alvos de críticas da população.

Rodrigues também pretendia indagar o gerente sobre o ataque de hackers à contas de correntistas, o que conforme o parlamentar é algo que vem ocorrendo com frequência.

O vereador repudiou a postura da gestão através de uma nota.

“Lamento profundamente a postura adotada, inclusive pela gerência regional, que também foi convidada para tratar de diversos assuntos. Já são onze vítimas de hackers que procuraram a Polícia Civil para registrar o golpe e mesmo assim o banco se nega a comparecer e dar satisfações. É lamentável”, disse Rodrigues.

Segundo ele, a nota de repúdio será enviada à gestão estadual do Banrisul para que providências sejam tomadas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome