Cantor e radialista piratiniense Darlan Pereira grava seu primeiro CD

Cantor fará show dia 12 se setembro na Semana Farroupilha de Piratini. (Foto: Divulgação)

Depois de 16 anos, mais da metade desse tempo tocando em bandas, o cantor e radialista piratinense, Darlan Pereira, de 35 anos, lançou seu primeiro CD solo com oito regravações que contam com participações de grandes nomes da música do Rio Grande do Sul.

No trabalho, que é uma produção independente, ele faz uma homenagem ao também cantor da terra já falecido, Mário Meireles, cantando “Tocando gaita e bebendo canha”, mas também canta junto com Baitaca, Os Serranos, João Luiz Corrêa, Valter Moraes, Cristiano Quevedo, Machado e Marcelo do Tchê, entre outros num total de 30 participações.

“São artistas que só passei a ter acesso por atuar no rádio, pois se não fosse minha profissão não teria chegado até eles e, consequentemente, aos eventos em que pude ter um contato mais direto quando também passei a fazer meus shows. Formamos uma parceria e também união, o que tem facilitado meu trabalho pelos palcos”, avalia Pereira.

Ele comemora o ótimo momento da carreira e também o bom trânsito pelos grandes eventos gaúchos da região para os quais seu show com o Grupo Nova Geração, de Canguçu, têm sido contratado e chegado a um público diverso.

“Estou feliz por ter pessoas de várias idades cantando as músicas que regravei neste trabalho. Um dos momentos marcantes aconteceu no Rodeio Morada do Sol este ano, quando muitas crianças aguardavam eu subir ao palco e, na sequência, cantaram juntos sucessos como Vaneira dos Chapeludos. Eles são uma das razões por que em meu primeiro CD eu fiz questão de gravar oito faixas playback, para que todos possam cantar em versão Karaoquê”.

Na sua terra, a Capital Farroupilha, o cantor também é muito requisitado, animando eventos diversos, mas para ele o grande momento em Piratini se dará em setembro, quando por ocasião da Semana Farroupilha, tornará a subir no Palco do Rio Grande para cantar na sua terra.

Quanto ao futuro, Pereira garante que já tem mais seis músicas que estarão em um novo trabalho, quando vai gravar, inclusive, uma música do cantor de forró, Frank Aguiar.

“A música do Frank que vou gravar chama-se Derrubou Espião. A ela vamos dar uma nova roupagem, ficando esta meio vaneira, meio forró, mantendo a levada mais nordestina”, encerra.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome