Secretário de Cultura fala sobre aporte financeiro nos 230 anos de Piratini

Secretário pede que mais empresas apoiem a cultura (Foto: Nael Rosa/JTR)

O secretário de Cultura, Fladimir Gonsalves, disse estar satisfeito com o aporte financeiro conquistado para custear as atrações que fazem parte das celebrações dos 230 anos de Piratini, comemorados com uma vasta programação iniciada neste domingo (30) e que será concluída no dia 6 de julho, aniversário da cidade.

Ele assegura que 70% dos custos foram cobertos pela Lei de Incentivo à Cultura (LIC) pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e pela Lei Rouanet, que aprovaram os projetos desenvolvidos pela Prefeitura através da pasta a qual é gestor.

“Seguramente, caso não tivéssemos obtido esse aporte financeiro, chegaríamos à casa dos R$ 100 mil para bancar todas as atrações previstas no cronograma, então estamos comemorando desta vez, pois geralmente temos uma falta de compreensão do empresariado para este fim, o que também é uma realidade em todas as esferas administrativa, pois estas destinam seus orçamentos para a saúde e educação, por exemplo, deixando a cultura em segundo plano”, comenta.

Gonsalves apela ao setor empresarial para que apoie as iniciativas que objetivam levar cultura à população, pois desta forma é possível ver para onde seus impostos estão sendo destinados. “No cenário real a falta de estímulo é significativa, embora não devesse ser assim, pois se você destina parte de seus encargos, a marca a qual você é dono estará estampada em todos os produtos que fazem parte do que é oferecido à comunidade a qual você e sua empresa estão inseridos”, observa.

Sobre a programação, ele destaca o evento “Lessinha e Seus Amigos”, que conta a história do piratiniense Barbosa Lessa, ícone da cultura gaúcha do Estado, que de forma artística foi encenado e apresentando a centenas de pessoas na noite de ontem no Ginásio Benoir Garcia.

Vida e Obra de Barbosa Lessa foi um dos espetáculos patrocinados (Foto: Nael Rosa/JTR)

Também chamou a atenção para a Caravana Cultural, que acontece dias 2 e 3 de julho, quando um caminhão palco será postado em frente à Sociedade Recreio Piratiniense (SRP) para encenação teatral e sessão de cinema ao ar livre, encerrando com o show de Renato Borghetti.

Por fim, o secretário convidou para a festa de encerramento em parceria com a Câmara de Vereadores, e que vai ocorrer na praça Inácia Machado da Silveira, com Mateada, brinquedos infláveis e apresentações artísticas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome