Piratini: Referência para a negritude no município, Senegal precisa de R$9 mil para reforma

Entidade, que desde 1962 oportunizou à raça negra de Piratini um espaço para a diversão, está fechada há 4 anos. (Foto: Nael Rosa/JTR)

Quando foi inaugurada em 25 de agosto de 1962, a então Socie­dade Recreativa e Cultural 13 de Maio permitiu à negritude de Pi­ratini ter um local para se divertir, pois até então não era permitido que pessoas da raça negra fre­quentassem as festas do muni­cípio, já que à época, existia uma espécie de Apartheid na cidade, podendo apenas pessoas bran­cas acessar os bailes em entidades promotoras deste tipo de evento.

Os anos passaram, a divisão de raças neste sentido deixou de existir, mas esta, que foi rebati­zada, passando a ser chamada e conhecida por Senegal, hoje está muito aquém daquela que um dia foi uma das referências na região no quesito baladas que atraiam centenas aos fins de semana.

O prédio, inaugurado na déca­da de 60, há anos não tem mais cobertura. E para que seja recons­truído, estima-se ser necessário algo em torno de R$ 300 mil.

Já o salão anexo também en­frenta a ação do tempo – o que fez a atual diretoria arregaçar as mangas e ir em busca dos R$ 9 mil, valor estimado para fazer to­das as reformas e, com isso, rea­brir as portas da entidade social.

“Entre as nossas ações para captar este montante que será usado para atender as exigên­cias do Corpo de Bombeiros, ou seja, fazer tudo que está previs­to no Plano de Prevenção Con­tra Incêndios (PPCI), inclusive a estrutura que compõe a saída de emergência, esteve, no domingo (5) a promoção e realização da 2ª Edição do Frango Assado. Na oportunidade, comercializamos 68 unidades a R$ 30,00 cada, o que rendeu pouco mais de R$ 2 mil, segundo Beatriz Rodrigues, responsável pelo setor de comu­nicação do Senegal.

Outra forma de ajudar é se tornando sócio, sob o custo de R$ 15,00 mensais, ou R$ 1 mil para a opção “sócio remido”, valor que permite manter-se associado pelo período de três anos.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome