Música Precisão leva dois prêmios e conquista a Vertente da Canção Nativa de Piratini

Música levou também o prêmio de melhor letra do festival. (Foto: Nael Rosa/JTR)

A canção intitulada “Precisão”, letra de Eduardo Munhoz e melodia de Carlos Madruga, foi a grande vencedora da 9ª edição da Vertente da Canção Nativa de Piratini, festival que terminou na madrugada do domingo (5), e contou com a presença de milhares de pessoas no Centro de Eventos Erni Pereira Alves.

A música também foi a escolha dos jurados para a melhor letra, e teve como intérprete o cantor Alemão do Bororé, que disse ter ganhado um presente da 1ª Capital Farroupilha.

“Vim para cá (Piratini), preparado para ganhar. Trabalhei muito essa música, na verdade a dominei e a interpretei com muita fé e isso pode ter feito a diferença. A intenção era participar do festival e conhecer melhor a cidade e ela me dá esse presente. Em minha carreira acumulo vários prêmios, mas este é especial dado ao contexto histórico que envolve Piratini”, disse o vencedor.

A secretária de Cultura, Caroline Caetano, avaliou como extremamente positiva a edição 2021 da Vertente, e já projeta o futuro.

“Foi ótimo. O público compareceu em massa e tivemos muitos artistas com o seus talentos subindo ao palco. Estamos felizes, satisfeitos e sem palavras para definir o que foram os dois dias de festa. Agora é trabalhar para a edição do ano que vem e já adianto que o projeto está pronto. Além disso, é impossível não sonhar com a realização da Semana Farroupilha que em 2021 também não foi possível fazer, mas como começamos dezembro realizando um evento como este (Vertente), assim nossas expectativas aumentam neste sentido”, destacou a secretária.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome