Pinheiro Machado: Pelotão Mirim realiza formatura e entrega de sutaches aos novos soldados

Evento no Ginásio Municipal graduou 29 soldados mirins. (Foto: Divulgação)

No dia 6 de julho, o Pelotão Mirim de Pinheiro Machado realizou a formatura diária especial de entrega dos sutaches aos novos soldados de 2023. O evento foi realizado no Ginásio Municipal e contou com a participação dos 29 soldados graduandos, colaboradores do Pelotão, familiares, padrinhos, ex-alunos e instrutores.

Na ocasião, uma guarnição da Brigada Militar, a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o prefeito municipal, Ronaldo Madruga (Progressistas), prestigiaram o evento.

André Azambuja Madruga, 1º Tenente da Reserva da Brigada Militar e Comandante do Pelotão Mirim fez a abertura do evento. Na sequência, as sargentos mirins Melissa Ribeiro Maidana e Danielli Azevedo da Silva deram continuidade sob o comando da 3º Sargento Mirim, Helena de Mello Vargas.

Após, foram executados os hinos nacional e rio-grandense e os graduados fizeram uma apresentação cantando a canção militar “Fibra de herói”. Os sutaches foram colocados pelos padrinhos habilitando os novos soldados a envergar na farda seus nomes de guerra e a cumprir as missões de rua fardados, sendo nominados Soldados Mirins.

Ainda durante o cerimonial, o Pelotão homenageou os alunos que fazem parte do projeto e foram destaque nas suas respectivas escolas por atingirem médias acima da nota 8.
Segundo Madruga, em janeiro de 2023, o Pelotão Mirim passou por modificações e, atualmente, está subordinado a uma nova instituição, pertencendo aos projetos sociais da Paróquia Nossa Senhora da Luz de Pinheiro Machado, apesar da mudança mantém o espírito militar e apresentou o novo fardamento à comunidade.

“A mudança aconteceu após o Comando Geral da Brigada Militar (BM) tomar uma nova posição, se desvinculando dos projetos sociais que até então eram ligados à Corporação. O Pelotão Mirim hoje é custeado através dos recursos provenientes da Paróquia Nossa Senhora da Luz, colaboradores e patrocinadores”, explicou.

Madruga também destacou o apoio e participação dos sargentos Seixas e Brum, que são parceiros no Comando do Pelotão Mirim. O padre Júnior, responsável pela paróquia, é incentivador e colaborador do projeto.

Para Bianca Ribeiro Maidana, mãe da sargento Ribeiro, o Pelotão Mirim contribuiu positivamente no desenvolvimento da filha. “Pra mim a participação dela no Pelotão foi uma experiência maravilhosa. Ela entrou no ano passado, se tornou mais responsável, começou a interagir mais com as pessoas através do pelotão. Aprendeu, principalmente, a buscar pelas próprias mãos os objetivos dela. Para se tornar sargento ela precisou estudar bastante e superar limitações. Foi um período em que ela amadureceu muito”, relata.

Sobre os requisitos para se tornar sargento mirim, Ribeiro conta que é um processo avaliativo que exige bastante comprometimento e dedicação. “Somos avaliados o ano todo pelo nosso desenvolvimento, tanto nas atividades do projeto quanto no relacionamento com os colegas. Fazemos duas provas, a prática e a teórica, mas a teórica tem um peso maior. Os instrutores e administradores fazem uma reunião entre eles para debaterem sobre os possíveis escolhidos a sargento mirim, todos participam dessa decisão”, relatou a sargento mirim.

Ao ser questionada sobre a vivência dentro do Pelotão Mirim a sargento Ribeiro salientou que foi uma experiência única. “Senti que me deixou mais responsável, madura e com mais amizades. Tive várias experiências que talvez nunca pudesse ter vivenciado se não estivesse no projeto, tudo foi importante para o meu crescimento. Participando do pelotão aprendi que quando temos um objetivo é preciso se esforçar para atingi-lo”, afirma.

Confira os soldados mirins graduados

João Pedro Rodrigues Nunes
Alisson do Espírito Santo Rodrigues
Roberta Sofia dos Santos Garcia
Anita Belmudes Madruga
Gustavo Henrique Cassel
Vitoria da Silva Souza
Mariana Medeiros dos Santos
Kaue Pereira Pires
Guilherme dos Santos Quadrado
Joao Pedro Batista
Alanne Amaral Rocha
Nicolas Franz Medeiros
Otavio Balinhas Trindade
Matheus Rita Peçanha
Helena Medeiros de Ávila Escobar
Nicolas de Oliveira Valerio
Manuela da Rosa Salcedo
Thallysson Rikelme Martins de Santana
Thuyne da Silva Lucas
Camila Teixeira Dutra
Leonardo Silveira Morais
Arthur Porciuncula Alves
Hemylly Rhayane Ribeiro Pereira
Bruna de Farias Andrade
Henrique Godinho da Rosa
Vitoria Chagas da Silva
José Vitor Belmudes Madruga
Antonio Sampaio Oliveira
Tailany Barbosa

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome