Pinheiro Machado: Escola Infantil Pinheirinho recebe Cantinho da Leitura

Escola recebeu bonecas de pano de personagens variados para deixar o espaço ainda mais lúdico e educativo. (Foto: Eunice Garcia/JTR)

Em Pinheiro Machado, a escola de Educação Infantil Pinheirinho foi contemplada com o projeto Nosso Cantinho da Leitura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O projeto conta com o patrocínio da CMPC e tem por objetivo colaborar com a diversidade do acervo literário de escolas públicas e centros municipais de Educação Infantil e fomentar o hábito da leitura desde os primeiros anos de vida.

Na ação, as instituições de ensino recebem uma caixa com 50 exemplares de livros de autores afro-brasileiros e indígenas, 10 bonecas de pano de personagens variados para deixar o espaço ainda mais lúdico e educativo, além de uma capulana para enriquecer o espaço do cantinho e cinco unidades de giz de cera com 24 tons de pele. 

O material tem o intuito de estimular a leitura dos pequenos e celebrar a diversidade, criando uma maior interação entre alunos e professores. Além de oportunizar experiências com leituras que tragam representatividade. 

Sobre a entrega do material, a coordenadora do projeto, Cristiane Ostermann, salientou que ficou encantada com a alegria das crianças e a surpresa que tiveram ao ver as obras, os bonecos e, também, o entusiasmo dos professores. “Percebemos o quanto eles estão cientes da importância da gente oferecer essa literatura afro-brasileira e indígena para as crianças, da importância que o projeto tem no sentido de celebrar a vida. Porque para nós, como projeto Nosso Cantinho da Leitura, acreditamos que a diversidade é sinônimo de vida”. 

A diretora da Escola Pinheirinho, Cátia Feira ressaltou a importância do material recebido. “É um material diferenciado que vai permitir trabalhar a diversidade de forma lúdica. As crianças estão encantadas com os bonecos, ainda estamos organizando a distribuição do material e os professores já vão começar a trabalhar com os pequenos”.

Segundo ela, o material vai contribuir para o momento da leitura e contação de histórias. “São 50 livros trazendo propostas diferentes e vão permitir que as crianças tenham novas experiências e conheçam a história de outras culturas”, concluiu.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome