Crianças com comorbidades e deficiência serão as primeiras a receber vacina em Pelotas

Vacinação infantil para Covid-19 é feita com as vacinas Pfizer pediátrica e Coronavac. (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O primeiro lote com 1.530 doses de vacina conta a Covid-19, destinadas às crianças de 5 a 11 anos, chegou a Pelotas nesta segunda-feira (17). A imunização desse público começará na próxima quarta-feira (19). As aplicações vão ocorrer na Unidade Básica de Atendimento Imediato (Ubai) Navegantes, localizada na rua Darci Vargas, 212, das 9h às 19h30min, mediante agendamento.

Conforme a estrutura organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que segue o Plano Estadual de Imunização Infantil, a vacinação será, inicialmente, para o grupo prioritário: crianças com deficiência permanente ou com comorbidades e crianças indígenas. O sistema para agendamento estará disponível, até esta terça-feira (18), no site do coronavírus.

Como vai funcionar o agendamento

A Prefeitura, por meio da Companhia de Informática de Pelotas (Coinpel), criou um sistema que permitirá aos pais ou responsáveis a escolha do dia e horário para a imunização da criança. O objetivo desse mecanismo e agilizar o atendimento e evitar aglomerações ou longo tempo de espera. Independentemente do recurso, para quem tiver dificuldade de acesso à internet, a marcação poderá ser feita em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS).

O próprio sistema vai calcular o número de agendamentos por dia e disponibilizar a população, considerando dez vacinadas a cada meia hora e que cada uma delas, após a aplicação, ainda ficará em observação em um espaço apropriado, pelo período de 20 minutos.

O sistema de agendamento estará disponível na página com informações sobre coronavirus da Prefeitura até esta terça-feira (18).

Público-alvo da vacinação

Para essa campanha de vacinação, neste primeiro momento, de acordo com o Informe Técnico nº 01/2022 da Secretaria Estadual da Saúde, o sistema só permitirá o agendamento de crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou comorbidades, que estejam enquadradas nos casos abaixo:

– Obesidade

– Pneumopatias Crônicas Graves

– Outros imunodeprimidos

– Hemoglobinopatia grave

– Doença cardiovascular

– Doença neurológica crônica

– Diabete Mellitus

– Doença Renal crônica

– Síndrome de Down

– Cirrose Hepática

Ainda conforme a SMS, até o final desta semana serão definidas novas estratégias de imunização deste público, inclusive para crianças com comorbidades ou deficiência acamadas. Lembrando que o local designado para a imunização das crianças só poderá realizar a aplicação da vacina contra a Covid-19, não podendo aplicar nenhum outro tipo de vacina do calendário naquele dia.

Documentação

– Atestado (simples – não precisa ser padrão) da criança que comprove a comorbidade ou deficiência

– Documento de identidade com foto da criança

– Comprovante de residência do responsável

– Declaração de ciência do responsável legal (disponível no link)

– Caso a criança não tenha documento com foto, poderá ser preenchida uma declaração (disponível no link)

Vacinação na zona rural

Para as crianças da Colônia de Pelotas, os responsáveis devem procurar a UBS mais próxima á residência, a partir de quarta-feira, e se informar da vacinação. Cada unidade da zona rural fará sua própria programação com agendamento de data específica. Caso os responsáveis prefiram, também podem fazer o agendamento e se deslocarem até a Ubai Navegantes na data marcada.

Atendimento da Ubai

Buscando a preparação para acolher integralmente o processo de vacinação das crianças, a partir das 13h desta terça-feira (16), todos os atendimentos e serviços até então realizados pela Ubai Navegantes serão redirecionados para a UBS Navegantes, que fica em prédio ao lado e as equipes estarão unificadas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome