Comitê Covid-19 da UFPel alerta para mudança de cenário da pandemia em Pelotas

(Foto: Michel Corvello/Prefeitura de Pelotas)

O Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia da Covid-19 da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) divulgou, nesta terça-feira (26), uma nota técnica na qual alerta para uma mudança de cenário da pandemia causada pelo coronavírus na região de Pelotas.

O documento destaca que, após um período de considerável queda no número de casos e internações, ocorreu uma elevação nos índices dos últimos dias, culminando, também, no maior contingente de mortes em sete semanas.

Na semana passada, o Governo do Estado emitiu uma notificação para a região de Pelotas quando o município apresentou piora em alguns indicadores em relação à semana anterior. O aviso é um sinal para controlar a propagação do vírus.

Segundo a nota do Comitê da UFPel, os problemas na adesão às recomendações da Vigilância Epidemiológica, a falta de cuidados no diagnóstico, da rede de contatos dos contaminados e o relaxamento das medidas de distanciamento social são alguns dos responsáveis pelo agravamento da situação na cidade.

O Painel da Covid em Pelotas registrou hoje (26), 136 novos casos positivos, referentes à pacientes com idades entre 6 meses e 95 anos, totalizando 48.147 casos. O boletim também registrou dois novos óbitos, uma mulher de 57 anos e um homem de 79 anos. Até agora, 1.179 vidas já foram perdidas em decorrência da Covid-19 em Pelotas.

O Comitê Covid-19 recomenda que, além da adesão em massa na vacinação contra a doença, devem ser mantidas as atitudes de distanciamento, uso de máscaras e higiene.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome